LUGARES

IT Forum terá versão exclusiva em Trancoso

03/02/2021 11:05

Badalado evento da IT Midia terá pelo menos uma parte presencial em 2021, prevista para agosto.

Casa cheia no IT Forum em 2019. Foto: Divulgação/IT Midia

Tamanho da fonte: -A+A

O IT Forum, evento da IT Mídia que costuma reunir a nata da TI corporativa brasileira, terá em 2021 novamente uma versão presencial, ainda que reduzida.

A empresa divulgou seu calendário para o ano, com o IT Forum dividido em três pedaços (ou etapas, como prefere a empresa), sendo o último deles realizado em Trancoso, na Bahia, entre os dias 18 a 22 de agosto.

Em nota, a IT Mídia explica que será um evento “para um número limitado de pessoas, atendendo todos os protocolos de saúde”, com “profundas transformações em sua dinâmica”.

A empresa não chega a dar maiores detalhes sobre como isso será na prática, apenas que os participantes ficarão distribuídos em pousadas e hotéis de Trancoso (normalmente o evento se concentra em um resort).

No programa, um torneio de golfe no campo de Golf do Terravista e programação de conteúdo e shows no Teatro L’Óccitane.

Se tudo isso vai acontecer ou não, depende da evolução do coronavírus no Brasil.

Um levantamento do site Pública aponta que a região de Porto Seguro viveu em janeiro, o segundo pior período da pandemia em relação a novos casos de Covid-19,  perdendo apenas para a última quinzena de julho de 2020, que teve as maiores médias desde que o coronavírus chegou a Porto Seguro, em março do ano passado. 

A média de novos casos da doença em Arraial D’Ajuda e Trancoso na segunda semana de 2021 é a maior desde o início da pandemia, com cerca de cinco e quatro novos casos diários, respectivamente. 

Claro que até agosto, muita coisa pode mudar (esperemos que para melhor), o que vai determinar como o IT Forum será na prática. 

Normalmente, o evento reúne 180 CIOs das maiores empresas do país, além de um batalhão de representantes de mais de 70 patrocinadores diferentes. Um dos grandes atrativos são as oportunidades informais de networking.

Talvez por isso, boa parte do evento ficou no formato digital realizado em 2020, com previsão de participação de 500 CIOs responsáveis pelos maiores orçamentos de TI do Brasil.

A primeira parte acontece em 21, 22 e 23 de abril, a primeira etapa será um completo evento digital, denominado IT Forum@Home, com uma agenda de conteúdo, atividades de relacionamento, shows, degustações e as reuniões de negócios pré-agendadas.

Na segunda etapa do IT Forum, entre 16 e 19 de junho, o IT Forum > Anywhere, com agenda de conteúdo e atividades de relacionamento mais concisa, porém com vasta oportunidade para evolução de negócios e geração de novos leads, a partir de uma “segunda rodada” de reuniões entre CIOs e executivos da indústria. 

A premiação Executivo de TI do Ano, que homenageia os líderes da comunidade de TI que tiveram as iniciativas mais inovadoras, será realizado num formato digital, durante o segundo dia da programação do IT Forum@Home, no dia 22 de abril.

Já o prêmio 100+ Inovadoras no uso de TI será realizado no mês de outubro, com a possibilidade de ser presencial. 

“Estamos acompanhando muito de perto as questões que envolvem a pandemia e a campanha de vacinação para tomarmos decisões que garantam a segurança de todos os participantes dos nossos fóruns e premiações”, explica o CEO da IT Mídia, Andre Cavalli.

SERÁ QUE DÁ?

Aparentemente, os maiores players de eventos de TI apostam em uma normalização no segundo semestre.

A Futurecom, feira de telecomunicações que é um dos maiores eventos de tecnologia do país, divulgou datas para sua versão presencial em 2021, que deve acontecer entre os dias 5 a 7 de outubro. 

Outros organizadores de eventos preferiram não arriscar. A SAP, por exemplo, decidiu que não vai realizar eventos com participação física em 2021, seguindo o exemplo do que já foi feito no ano passado.

Em um documento interno distribuído a parceiros ao qual a reportagem do Baguete teve acesso, a SAP cita diretamente o cancelamento do Sapphire Now, sua maior conferência anual, realizada em Orlando, na Flórida, e os eventos SAP Now, a conferência regional que tem uma edição no Brasil.

A diferença, é claro, é que a organização de eventos não é a atividade fim da SAP, mas uma estratégia de marketing entre outras.  

A Futurecom organizou uma versão digital em 2020, mas foi uma alternativa em um ano de crise e talvez não seja um posicionamento sustentável no longo prazo.

Também há exemplos de eventos bem sucedidos organizados na pandemia.

É o caso da Mercopar, feira de tecnologia para indústria realizada em Caxias do Sul em novembro.

Um dos poucos grandes eventos a acontecer em 2020 mesmo com o coronavírus, a feira atraiu 7.184 visitantes presenciais, pouco mais de um terço dos 16,5 mil do ano passado. 

Os negócios não sofreram, no entanto: eles chegaram a R$ 78 milhões, um crescimento de 20% em relação ao ano anterior.

Veja também

AGLOMERAÇÕES
Futurecom deve acontecer em 2021

Um dos maiores eventos de tecnologia do país tem datas marcadas. Vai dar?

PANDEMIA
SAP: grandes eventos em 2021, só no digital

Multinacional alemã avisa parceiros que a estratégia de eventos digitais será mantida.

SEGURANÇA
Oito passos para os CISOs se alinharem ao negócio

Profissionais se focam no significado técnico das métricas de risco, o que é um problema na conversa.

ADEUS
Relembre 2020, se você é corajoso o bastante

A retrospectiva de um ano que não será esquecido: coronavírus, novo normal, ransomware, grandes negócios e mais.

QUENTE
Curitiba é destaque mundial em fintechs

Vale do Pinhão foi destaque em relatório da Startup Genome e do Crunchbase.

EVENTO
NurnbergMesse Brasil adota B1

Operação brasileira da gigante alemã de feiras adota ERP com B2finance.

CONTAS
Web Summit custa R$ 30 milhões

Porto Alegre e Rio de Janeiro disputam o evento. Quem vai pagar a conta não está claro.