PASSADO

Os livros no registro da história

03/03/2020 14:12

Como a escrita literária se tornou tão importante na difusão de conhecimento.

Tamanho da fonte: -A+A

Na antiguidade, os humanos registravam informações através de pinturas. Gravadas nas paredes das cavernas, elas representavam histórias, desejos e emoções através do sangue dos animais. Hoje em dia, ao ter contato com esses registros, conseguimos entender um pouco mais sobre como os seres daquela época viviam e socializavam uns com os outros, bem como com os animais e fatores ambientais que os cercavam.

Depois de conseguir deixar informações gravadas, o homem aprendeu a usar a linguagem a seu favor. Após o grande marco na história que foi a criação da escrita, o ser humano começou a registrar tudo o que podia como forma de relembrar o passado.

Hoje em dia, depois de milhares de séculos, a escrita tornou- se o principal meio de comunicação em massa e de firmamentos de acordos. Por meio dela podemos marcar o passado e, de certa forma, torná-lo presente. Por estar inserida em cada minuto do nosso dia, a escrita agora é um modo de deixar marcado o que a língua falada não tem poder de fazer.

Com o desenvolvimento da humanidade, a escrita tomou forma e opera de modos diferentes em cada área que é inscrita. Em lugares públicos, a escrita tem o intuito de informar localizações e sinalizar alertas, de modo a evitar que uma pessoa fique perdida no centro da cidade, por exemplo; nas leis, a escrita é utilizada como meio fundamental de determinação de modos de conduta que os cidadãos devem ter; na literatura, um dos espaços mais importantes que a escrita habita, tem a função de propagar o conhecimento, difundir informações, promover sentimentos e emoções e estimular novas formas de pensamento.

Com a evolução da escrita, surgiram os livros. Com as páginas, foi possível encontrar um meio de explanar ideias e pensamentos de autores que queriam que as suas histórias, teorias e relatos fossem passados adiante. Depois de se tornar o maior meio de aquisição de conhecimento, os livros começaram a ganhar diferentes caráteres, de forma que podiam ensinar conteúdos didáticos ou ensinamentos íntimos que seriam usados na moral e conduta do leitor.

No decorrer dos anos, adquirimos muitas obras literárias. Tantas, que seria impossível enumerá-las. Hoje, a escrita literária é um mercado enorme que abrange os mais variados tipos de temas. Podendo falar de um amor fictício ou até mesmo de uma história da vida real, como nas biografias, a escrita nos livros é um meio que o ser humano encontrou de fugir da realidade, de contar histórias, repassar informações, ensinar, aprender, relaxar e deixar registrado as suas emoções, apenas com um papel e uma caneta, ou agora, com o teclado de um computador.

Por meio da leitura e da escrita, somos colocados em diferentes realidades, de modo a nos instigar a sair da zona de conforto. Com a escrita literária, hoje em dia somos capazes de entender como as antigas civilizações se comportavam, bem como a compreender normas e leis de determinadas fés, por exemplo. Com os livros, podemos conhecer momentos da história que não vivemos. Considere, a título de exemplo, o momento da Segunda Guerra Mundial. Apesar de ser uma época ainda recente, como seriam passadas as histórias para as futuras gerações sem um registro datado? Somente com a fala, a narrativa se perde e os fatos são distorcidos, de modo a deixar espaços vagos que podem ser preenchidos pela repetição da mesma catástrofe. Com a oportunidade de conhecer erros que foram cometidos no passado pela humanidade através de leituras, hoje conseguimos controlar o nosso futuro.

Os livros, desse modo, são grandes memórias, presentes e patrimônios que devem ser conservados por todo o decorrer do tempo. Ler um livro é poder sair do pensamento do “eu” e aprender a conhecer o “outro”. Com os livros clássicos, por exemplo, é possível entender toda a evolução da sociedade, já que deixaram marcas profundas nos leitores e, logo, nas civilizações, com o passar dos anos. Ser um leitor é se colocar em diferentes situações a cada livro e, desse modo, conseguir se posicionar mais facilmente em momentos da realidade.

Escolher uma leitura, entretanto, pode ser difícil no primeiro momento, já que existem milhares de obras espalhadas pelo mundo. Definir a ordem em que lerá determinado livro, qual virá antes e depois e saber em que área da sua vida ele pode te acrescentar conhecimento só é possível com a visualização de um grande acervo literário, o que pode ser encontrado no site Mural dos Livros. O site, que objetiva proporcionar uma melhor qualidade de leitura aos cidadãos brasileiros, conta com resenhas e indicações de livros de grandes leitores e especialistas. No Mural dos Livros é possível encontrar conteúdos de dicas de melhores leitores digitais, como realizar um bom estudo sobre os livros e lista das obras mais famosas separadas por gêneros. Acesse Muraldoslivros.com e conheça os registros literários que marcaram a história do mundo.