WhatsApp oferece um risco para segurança. Foto: Pixabay.

Uma pesquisa da Citrix com funcionários da indústria, comércio e serviços da América Latina apontou que 80% dos respondentes discutem assuntos da empresa em aplicativos de conversa como WhatsApp.

Na visão da companhia, a prática “abre brechas para o vazamento de informações sigilosas que podem impactar no desempenho da companhia”. 

Sobre o armazenamento dos dados, 40% afirmam usar serviços como Google Drive e Dropbox para editar ou salvar arquivos do trabalho. 

O principal motivo para usar esses aplicativos e não os oferecidos pela empresa é porque as consideram mais fáceis de usar (38%) e mais cômodas (37%)

“Guardar dados da companhia de forma que estes possam ser acessados de qualquer lugar ou dispositivo requer um local confiável”, afirma Luis Banhara, diretor geral da Citrix no Brasil.

As entrevistas foram realizadas com profissionais na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. 

Ao todo, foram 900 participantes (150 de cada país), que não estão em cargo de liderança, são maiores de 21 anos e em sua maioria (58%) com ensino superior completo.