FILIAL

Totvs quer mercado dos Estados Unidos

03/04/2017 14:15

Marcelo Souccar.

Tamanho da fonte: -A+A

A Totvs, maior empresa brasileira de software de gestão, decidiu entrar no mercado americano, provavelmente o mais disputado do mundo, com uma operação baseada na Flórida.

A companhia acaba de abrir um escritório em Weston, um subúrbio afluente de Miami, onde já estão sediadas empresas como DHL, Marriott International, Mondelez e LATAM, além da Ultimate Software, uma empresa americana de soluções de RH na nuvem com mais de 1 mil funcionários.

A operação americana da Totvs vai focar em alguns nichos, com softwares oferecidos como serviço a partir de data center locais.

As áreas alvo são manufatura, na qual a Totvs acredita ter o diferencial de fazer uma integração mais fáceis com matrizes situadas na América Latina e jurídico, um grande mercado potencial (só a Flórida tem mais advogados que São Paulo e Rio de Janeiro juntos).

A localização e tradução dos softwares foram realizadas no centro de desenvolvimento da companhia em Querétaro, no México, e já estão 100% concluídas. Três pilotos já estão em curso.

“Ir para os Estados Unidos é um desejo antigo, mas estávamos avaliando as oportunidades e aguardando o melhor momento para isso”, afirma Álvaro Cysneiros, head de Mercado Internacional da Totvs.

A operação americana será comandada por Marcelo Souccar, há nove anos na Totvs, e, importante, com experiência com o software para a área jurídica.

Para projetar a entrada no mercado americano, a Totvs contratou a Drummond Advisors, uma consultoria especializada em levar empresas brasileiras para os Estados Unidos, além da Apex-Brasil, agência de promoção de exportações ligadas ao governo.

A Totvs não é uma novata total no mercado americano. Em 2011, a empresa abriu um centro de pesquisa e desenvolvimento no Vale do Silício, na Califórnia.

Em 2013, a companhia colocou US$ 16 milhões na GoodData, empresa provedora de aplicativos e plataforma analytics de Big Data em nuvem, baseada em São Francisco, através do Totvs Ventures, o seu fundo de investimentos.

O posicionamento da Totvs nos Estados Unidos, no entanto, era mais focado em desenvolver e trazer tecnologia para o mercado brasileiro, onde a Totvs é líder. Entrar no mercado americano em si é um jogada totalmente diferente.

Além de enfrentar grandes players como Oracle, SAP e Microsoft, a Totvs precisará competir com companhias nascidas na nuvem como a NetSuite (adquirida pela Oracle por US$ 9 bilhões) e outras.

A alta gestão da Totvs reconhece que ser uma empresa mais internacional é fundamental para o futuro da organização. Mas é uma escalada difícil. 

Em 2014, a companhia inclusive informou a investidores que havia desistido da sua meta de ter vendas fora do país representando entre 3% e 5% da receita até o final de 2016

A Totvs fechou o ano passado com uma receita líquida total de R$ 2,2 bilhões, redução de 3,5% sobre 2015. 

Veja também

FUTEBOL
Peñarol usa Totvs

Um dos maiores clubes de futebol do Uruguai adotará ERP da empresa brasileira.

EXPANSÃO
Totvs cria direção para região andina

Sediada em Bogotá, a unidade será comandada por Douglas Medeiros, que liderava a Totvs no Nordeste. 

RH
Microsoft vai usar SuccessFactors

Recentemente, a SAP anunciou que o Azure seria a nuvem pública preferencial para entrega do SucessFactors.

EXCLUSIVO
Blancas, ex-Zebra, assume B1 da SAP

Blancas assume no lugar de Priscilla Jones, que agora atua no programa de trainees de vendas da SAP.

FUSÃO
Oracle estuda compra da Accenture

A avaliação está nos estágios iniciais.

SEM CRISE
Senior cresce 15% em 2016

A cifra está em linha com os resultados de 2015, quando o crescimento foi de 16%.