CARREIRA

Havan Labs quer contratar 300

03/05/2021 08:38

Com a cifra, varejista catarinense vai mais do que dobrar o seu time de tecnologia.

Luciano Hang, dono da Havan, inaugura uma loja. Foto: DIvulgação Havan.

Tamanho da fonte: -A+A

A rede varejista catarinense Havan está com 300 vagas abertas para a sua área de TI, o Havan Labs.

Com as contratações, a empresa deve mais que dobrar o seu time de tecnologia, que hoje conta com 200 pessoas.

As vagas são para Brusque, cidade de 134 mil habitantes a cerca de 100 quilômetros de Florianópolis, onde fica a sede da Havan, mas também para home office.

As posições vão desde analista de dados, arquiteto de software a desenvolvedor Magento, com salários que podem chegar a R$ 10 mil, segundo divulga a Havan.

“Somos responsáveis em desenvolver soluções inovadoras para clientes, fornecedores e os mais de 20 mil colaboradores da Havan”, pontua Eder Varela, gerente de  Desenvolvimento e Digital na Havan.

Varela é uma mostra do potencial de carreira na Havan, tendo começado como programador em 2007, para assumir o cargo de gerente em outubro de 2020.

Apesar da aura algo folclórica do seu dono, Luciano Hang, e de ser conhecida pela sua presença física, com grandes lojas decoradas com réplicas da Estátua da Liberdade, a Havan tem uma presença digital sofisticada.

No ano passado, a empresa ficou entre as dez mais bem colocadas no Índice de Maturidade Digital (IMD) da Isobar, que avalia a forma como os consumidores são impactados e experienciam digitalmente as marcas. 

O digital é uma nova fronteira para a empresa, que vem crescendo entre 40% e 50% ao ano e esperava encerrar 2020 com um faturamento de R$ 10 bilhões.

Fundado no início de 2019, o Havan Labs tem a missão de renovar todas as aplicações, desde a compra e logística à venda em loja física ou na internet.

Desde então, os projetos se acumulam. O Baguete já mostrou uma série de iniciativas de TI da Havan, incluindo a adoção de pagamentos com  reconhecimento facial em todo o país, por meio da solução da Unico, o desenvolvimento de um gateway de pagamentos com a Meta ou a criação de um assistente virtual baseada na plataforma Watson da IBM.

A base da tecnologia na Havan é uma plataforma de aplicações em container OpenShift da Red Hat, rodando dentro da nuvem Azure, da Microsoft.

Veja também

EXCLUSIVO
Grupo Boticário compra GAVB

Empresa adquirida tem 200 funcionários e é especializada em inteligência artificial.

BRIGA
Saraiva processa SAP e Infosys

Projeto de implementação de ERP fracassado de rede de livrarias acaba na Justiça.

SISTEMAS
Havan usa containers com Red Hat

Havan Labs usa tecnologia OpenShift com consultoria da Service IT.

GESTÃO
Nuvini compra Onclick

Esta é a quinta compra da holding de empresas de SaaS. Meta é fazer 85 até 2025.

VENDAS
Grupo Real cria e-commerce com Magento

Com projeto da Néctar Consulting, loja virtual deve representar 5% das vendas em 2021.

BOLADA
Locaweb paga R$ 524,3 mi pela Bling

Companhia gaúcha faz software de gestão na nuvem para pequenas e médias empresas.

VAREJO
Ex-Totvs assume vendas para big retail na Linx

Ramon Ferreira tem 20 anos de carreira e estava há oito na empresa de sistemas de gestão.

DIGITAL
Gazin coloca e-commerce na Azure

Projeto entregue pela Solo Network ajudou a segurar a demanda por compras on-line.

SELFIES
Havan tem pagamento com biometria facial

Funcionalidade é parte da solução da Acesso Digital e está em uso em todo país.

VAREJO
Havan: Azure com SOU.cloud

Nuvem da Microsoft é a base de várias iniciativas da varejista catarinense.

VAREJO
Spinola, ex-Alpargatas, assume TI da Aramis

Rede de lojas de roupas masculinas tem 92 lojas espalhadas pelo país.

TELAS
Gazin compra 3 mil smartphones Nokia

Varejista decidiu trocar tablets usados pelos vendedores por celulares com tela grande.

FOOD SERVICE
Água Doce adota soluções da Linx

Desde o início da pandemia, a rede de restaurantes cresceu mais de 200% em vendas no delivery.