Gilmar Batistela. Foto: divulgação

A Resource IT Solutions acaba de abrir uma unidade na Colômbia, com meta de empregar até 40 profissionais no local ainda este ano.

A empresa já possuía unidades na Argentina, Chile e EUA, e projeta abrir operações no Peru e México, um em 2014, outra em 2015, dentro de um plano para o qual irá destinar R$ 50 milhões com recursos próprios, segundo declarou ao Valor Econômico o presidente da companhia, Gilmar Batistela.

Na Colômbia, o foco está em setores como financeiro, agronegócios, varejo e manufatura, com soluções de mobilidade, SAP e meios eletrônicos de pagamento.

O executivo explica que a Colômbia tem performance econômica atraente, com o segundo maior PIB da América Sul,  além do fator localização, por ficar a cinco horas de São Paulo e cinco horas de Nova York.

“Só em Bogotá, o mercado de TI cresce, anualmente, em média 18,7% nos últimos 10 anos”, complementa Batistela.

Em dois anos de atuação direta na América Latina, a integradora brasileira já faturou R$ 6 milhões fora do Brasil, ou 2% da receita total, que em 2012 foi de R$ 316 milhões, segundo o Valor.

Para 20113, a projeção é de alta de 27%, chegando aos R$ 400 milhões, do que 3% a 5% deverão vir do exterior, percentuais que Batistela prevê aumentar para 10% a 15% em dois anos.

Entre 2008 e 2012, a Resource investiu R$ 100 milhões, com recursos próprios, para reforçar a atuação.

Disso, R$ 60 milhões foram aplicados em aquisições e o restante em infraestrutura, treinamento, marketing, desenvolvimento de software e serviços de mobilidade, e na implantação de critérios de governança corporativa, também conforme matéria do Valor.

Os movimentos embasam uma meta de chegar a 2017 com uma receita de R$ 1 bilhão.

Com mais de 300 clientes no Brasil, dos quais 25% atuam na América Latina, a Resource tem matriz em São Paulo e filiais em Alphaville, Americana, Campinas, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Curitiba, Itajaí e Porto Alegre.
 
A integradora emprega mais de 2,5 mil colaboradores.