Roberto Azevedo, presidente do Banco Semear. Foto: Divulgação.

O Banco Semear, integrante do conglomerado Grupo Seculus, vai abrir em agosto o coworking Semear Innovation em Belo Horizonte. O espaço é resultado de um investimento e R$ 2,5 milhões e já abre com 15 startups.

As companhias fazem parte do portfólio de investimentos da FCJ Participações, parceira do banco para a gestão do Semear Innovation, e foram selecionadas por programas como Seed/MG, FiemgLab, Startup Chile, JumpStart Canadá, Stripe Atlas nos Estados Unidos e Healthcare City em Portugal.

O coworking é o primeiro passo de um ecossistema de inovação que irá funcionar no Seculus Business Center.

A companhia afirma que Belo Horizonte foi o local escolhido para abrigar o projeto por ter um cenário de inovação em ascensão e pelo San Pedro Valley (SPV), comunidade de mais de 300 empresas de onde saíram nomes como Samba Tech Rock Content, Méliuz e Hotmart.

“Nosso objetivo é atrair e desenvolver startups em um modelo de Corporate Venture, lançando hackatons e editais de aceleração, pré-aceleração e incubação para selecionar parceiros que tenham afinidade com o Banco Semear e com o Grupo Seculus”, afirma Roberto Azevedo, presidente do Banco Semear. 

O Semear Innovation possui condições de operar 24 horas por dia em todos os dias da semana, sendo um dos grandes atrativos para quem precisa de um espaço de trabalho fora do horário comercial.

A iniciativa de criar um espaço de coworking que incentive o desenvolvimento de startups da área de tecnologia e inovação é resultado de um processo que vem sendo conduzido no Banco Semear nos últimos anos, desde a preparação para a sucessão presidencial da instituição. 

Em janeiro de 2016, Roberto Azevedo, até então presidente da Prime Systems, empresa de tecnologia do Grupo Seculus, assumiu a gestão do Banco. 

“Quando surgiu a oportunidade de utilizar o 17º andar do prédio do grupo, decidimos executar a meta prevista em nosso planejamento estratégico e tirar do papel o projeto de criar um espaço onde se respira inovação e economia colaborativa”, explica o CEO.

O novo espaço conta com salas de conferência, internet de alta performance, cozinha, auditório para eventos e palestras, quatro cabines para reuniões web, sala de treinamento para 30 pessoas, espaço de convivência, entre outros ambientes.

O Grupo Seculus é um conglomerado mineiro composto por sete empresas: Banco Semear, Gran Viver Urbanismo, Prime Systems, Seculus da Amazônia, Sep e Natureza Reflorestamento. 

Juntas, as empresas geram aproximadamente 1 mil empregos diretos nos segmentos financeiro, imobiliário, TI, indústria e comércio de relógios.