Paulo Camara

A CI&T, empresa de desenvolvimento de software sediada em Campinas, fechou um acordo com a IBM para ser uma parceira da plataforma de desenvolvimento de aplicativos Bluemix.

“Acreditamos que o Bluemix tem o potencial de atender demandas de diversas verticais, como o mercado financeiro, varejo, e-commerce, educação, saúde e serviços”, afirma Paulo Camara, head of digital da CI&T. 

O Bluemix contém mais de 130 APIs disponíveis com tecnologias da IBM em áreas como o IoT, big data, analytics, mobile e o sistema de computação cognitiva Watson.

A plataforma está disponível no Brasil desde maio de 2014. A IBM não revela quantas companhias estão usando o serviço, orientado para pequenas empresas.

Até agora, as divulgações de adesões ao BlueMix se focaram principalmente em acordos mais institucionais da IBM com parceiros como a Fundação Certi, instituição de tecnologia e inovação com sede em Florianópolis e a prefeitura de Porto Alegre. 

Nesse sentido, a CI&T é uma parceria significativa, uma vez que se trata de uma companhia de desenvolvimento de software com um tamanho significativo. 

A empresa tem clientes Coca-Cola, Natura, Motorola, Alelo e Banco Original e projetava fechar o ano passado com uma receita de R$ 340 milhões, crescimento de aproximadamente 46% frente a 2014.

As operações internacionais da CI&T (EUA, Reino Unido, China, Japão e Austrália) registraram expansão de 50% no ano passado e já respondem por 50% da receita.

A empresa mantém o ritmo, com um crescimento de 25% no primeiro trimestre.

Recentemente, foi anunciada a abertura de uma nova filial em Belo Horizonte, com investimento de R$ 4 milhões e a abertura de 300 novas vagas na companhia, que já emprega 2 mil funcionários.

Eleita um "Cool Vendor" pelo Gartner, a CI&T é uma especialista em soluções digitais como aplicativos para mobile, portais corporativos, sustentação de sistemas e consultoria de negócios.