CHANCE

Instituto Caldeira busca startups de vendas

03/08/2021 08:47

Hub baseado em Porto Alegre tem boa parte do PIB gaúcho por detrás.

Interior do Instituto Caldeira. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Instituto Caldeira, hub de inovação sediado em Porto Alegre que tem entre seus apoiadores boa parte das maiores empresas do Rio Grande do Sul, está procurando startups com tecnologias para a área comercial e de vendas.

O chamado Conecta Caldeira está sendo organizado pela Semente Negócios. As empresas buscando startups são Aschneider, Grupo IESA,Kley Hertz Farmacêutica, Neugebauer, Privatto Investimentos e Vulcabras.

Nesta chamada, que receberá inscrições até o dia 6 de agosto, o Conecta Caldeira espera selecionar startups que possam resolver 5 grandes desafios, sendo eles: identificação de clientes; gestão de vendas e portfólio de produtos; prospecção e qualificação de leads; gestão do atendimento em múltiplos canais e visualização e inteligência de dados comerciais.

Como pré-requisito, as startups interessadas precisam estar pelo menos em fase de tração, com um produto validado, além de ter aderência com os desafios propostos na tese. 

O detalhamento dos desafios e o regulamento do programa podem ser acessados no site do Conecta Caldeira e as inscrições são realizadas pela plataforma AxonHub.

A 2ª Edição do Conecta Cadeira está acontecendo em torno de seis temas, que estão sendo lançados a cada dois meses, sendo os três primeiros: Recursos Humanos (abril a junho), Comercial e Vendas (junho a setembro), e Marketing e Experiência do Cliente (agosto a novembro). 

Cada um deles envolverá a participação de diferentes empresas do Instituto, desafios específicos e startups selecionadas.

A Semente já atua há 10 anos em projetos de inovação para organizações como Vale, Natura, Mercur, Sebrae, Senac, Vivo, BB Seguros, entre outros. 

Os 40 fundadores do Caldeira incluem a nata empresarial gaúcha, representada por nomes como Jorge Gerdau Johannpeter, famílias Renner, Ling, Goldzstein e Herrmann, além de empresas tradicionais como Renner, Sicredi, Panvel, Vulcabras Azaleia, Banrisul, RBS, Randon, e da nova economia, como Agibank, 4all, Nelogica, Banco Topázio, SafeWeb, Zenvia, Meta e StartSe.

O Caldeira tem um conceito chamativo, com uma sede instalada dentro de uma grande caldeira, com 30 metros de pé direito hoje dentro da área onde hoje está instalado o Shopping DC Navegantes. O local produzia energia para as indústrias do grupo AJ Renner nos anos 20.

A meta é ter cerca de 3 mil pessoas circulando pelo local até o final de 2021, entre grandes corporações, startups e iniciativas ligadas à nova economia, conectando agentes do setor privado, universidades e poder público.

Veja também

ECOSSISTEMA
Instituto Caldeira se aproxima dos parques

Iniciativa de inovação de grandes empresas assina convênio com Tecnopuc. Outros vão vir.

E-COMMERCE
Locaweb compra Octadesk por R$ 102 milhões

Startup fundada em 2015 tem hoje 2,5 mil clientes dos seus chatbots.

QUENTE
Agibank cria spin off de tecnologia

HypeFlame nasce com 400 profissionais e receita de R$ 200 milhões.

ANTIFRAUDE
ClearSale levanta R$ 795,2 mi em IPO

A empresa tem como clientes nove entre as 10 maiores operações de e-commerce do país.

SELEÇÃO
Ambev Tech busca líderes mulheres

Primeira edição do programa Mulher.Ada está com inscrições abertas até 6 de agosto.

EXCLUSIVO
Ex-IBM assume engenharia de software da HypeFlame

Marcelo Wendling vai liderar a vertical de tecnologia para produtos financeiros da spin-off do Agibank.