Felipe Jacobs (Gruppen) e Ricardo Basso (Imed) assinam contrato do laboratório. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Imed - Faculdade Meridional, de Passo Fundo, inaugurou um Laboratório de Redes equipado com Dell, em um projeto da porto-alegrense Gruppen que somou investimento de R$ 51,5 mil.

A aquisição contempla um storage EqualLogic PS 4100E, dois servidores Dell PowerEdge R610/R410 e um rack Dell 2420 24U.

Além da venda e implantação dos equipamentos, o contrato com a Gruppen também prevê treinamentos que, segundo Felipe Jacobs, diretor da Gruppen, são abertos não só a alunos da Imed, mas ao público em geral.

Até agora, a companhia já realizou quatro cursos na universidade passo-fundense, totalizando cerca de 80 alunos já treinados.

Ainda este ano, a previsão é realizar pelo menos mais quatro treinamentos.

NA FACULDADE
A relação da Gruppen com o meio acadêmico vem ganhando força: antes do projeto para a Imed, a empresa também participou, em 2011, da criação de um laboratório equipado com Dell na Ftec, de Caxias do Sul.

Na faculdade caxiense, a companhia também realiza treinamentos periódicos.

TI NO FOCO
Já para a Imed, o investimento em TI é uma constante.  

Há cerca de dois meses,a faculdade investiu R$ 4,7 milhões em um novo prédio, dos quais R$ 120 mil foram para a área tecnológica, que por ano fica com uma fatia em torno de 0,5% do orçamento geral da instituição.

No prédio, a TI foi incrementada com ampliação de 148 pontos de rede de dados estruturados e 300 pontos elétricos, rack de comunicação, 16 câmeras de vídeomonitoramento e um ponto de acesso restrito para uso interno.

Além disso, para ampliar a área de cobertura da Internet foram adicionados mais cinco access points, que distribuem sinal para os acadêmicos da novo prédio.

Com o prédio, a estrutura total da matriz da Imed passou para 13 mil m2, com capacidade para mais de 600 novos alunos.

O suporte da TI à ampliação da instituição, que também tem unidade em Porto Alegre, já vinha sendo pensado há tempos.

No ano passado, a faculdade investiu em melhorias no ERP Totvs, adotado em 2009, com incrementos em áreas como fiscal, PIS, Cofins, financeiro e folha de pagamento,  entre outras.

Conforme divulgado anteriormente no Baguete, a adoção do ERP ampliou o controle da faculdade passo-fundense sobre áreas antes carentes de tecnologia para isso.

Um exemplo foi o controle de inadimplência, que caiu de 15% para, em alguns meses, até 8,5%.

O tempo de reabertura de matrículas também reduziu de 20 para três minutos depois do ERP.

O sistema deu suporte ao crescimento da instituição, que em oito anos passou de um único andar para uma estrutura de 13 mil m2, somando um corpo diretivo de 23 sócios e um time de colaboradores que passa de 200 pessoas.

MAIS DELL
A faculdade também investiu, no ano passado, em um novo laboratório de informática para o curso de Arquitetura, para o qual adquiriu 40 computadores Dell, todos equipados com Autocad.

EM EXPANSÃO
Em 2011, a Imed incorporou a marca Cetra, sua parceira para oferta de cursos intensivos e de MBA em Porto Alegre.

Com isso, a meta é crescer ainda mais: até 2014, o plano de expansão passa pelo aumento da estrutura para 15 unidades espalhadas pelo estado.