A Wilson Sons opera serviços portuários, marítimos e logísticos. Foto: Divulgação.

A Wilson Sons, operadora de serviços portuários, marítimos e logísticos, implementou um projeto de modernização do data center conduzido pela Dell. A iniciativa envolveu consolidação de storage e servidores.

O projeto teve início com os serviços de consultoria da Dell, voltados a avaliar a situação do data center e ao desenho de um novo ambiente para suportar o momento de negócio da companhia. 

A proposta da Dell envolveu a modernização do ambiente de servidores, a partir do uso de equipamentos blade Dell PowerEdge e máquinas virtualizadas, bem como a consolidação e expansão de storage, com a padronização para soluções Dell Compellent.

“Em projetos como esse, a gente sempre pensa que o fornecedor quer tirar uma vantagem financeira, mas não o caso, pois a Dell nos ofereceu uma solução de storage com valor menor. Com esse modelo consolidado, diminuímos os custos e o risco para o negócio, pois hoje ele tem segurança de que as operações não vão parar por conta da TI”, afirma Marsílio Calado, gerente de Infraestrutura da Wilson Sons.

Após a primeira fase de modernização do data center, a Wilson Sons já iniciou outro projeto com a Dell, com o intuito de desenhar a arquitetura de TI para suportar o negócio nos próximos cinco anos. 

A Wilson Sons iniciou suas atividades em 1837, em Salvador. A companhia atua nos segmentos de terminais portuários, rebocagem portuária e oceânica, apoio marítimo a operações offshore, logística, agenciamento marítimo e indústria naval.

Com mais de 2 mil clientes ativos, sua carteira é composta por armadores, importadores e exportadores, empresas do setor de óleo e gás e de diversos setores da economia.

No ano passado, a receita da companhia foi de US$ 633,5 milhões, uma queda de 4% em relação ao ano anterior.