Jan Riehle, CEO da Itaro. Foto: Divulgação.

A Itaro, e-commerce de pneus, acessórios e peças automotivas e marketplace de serviços automotivos, recebeu um segundo aporte de investimentos de cerca de R$ 10 milhões. 

A maior parte do montante veio do fundo local Astella Investimentos. Fundos como Rigi Ventures e JPJ Investiments, ambos da Alemanha, também tiveram participação na rodada.

Esta é a segunda vez que a Astella Investimentos aposta na Itaro. O primeiro aporte, realizado em 2014, não teve o valor revelado. 

“A Itaro obteve uma boa performance nos últimos anos. A companhia desenvolveu um modelo de comércio eletrônico pioneiro, que combina o modelo de e-commerce com o de marketplace para serviços automotivos, o que realmente auxilia o consumidor no seu cotidiano”, relata Edson Rigonatti, partner and head coach do fundo. 

Max Shoppen, CEO da Rigi Ventures ressalta que a diminuição do valor do real torna o ambiente propício para investimentos em empresas locais que apresentem uma proposta interessante de negócio. 

“Para nós, a desvalorização da moeda brasileira abriu uma oportunidade para investir no país. Este foi um dos maiores aportes que a Rigi já fez até hoje”, diz Max Shoppen, CEO da Rigi Ventures

Jan Riehle, CEO da Itaro, afirma que uma nova rodada de investimentos já está prevista para o começo de 2016. 

A Itaro combina a venda de produtos físicos como pneus, acessórios e peças com a venda de serviços automotivos, através de uma rede de mais de 600 oficinas parceiras.

Fundada em 2012 pelo empreendedor alemão Jan Riehle, a empresa faturou cerca de R$ 10 milhões em 2013 e R$ 30 milhões em 2014.