Cassio Bobsin, CEO da Zenvia.

Tamanho da fonte: -A+A

A Zenvia, companhia de plataforma de comunicação e serviços móveis, acaba de fechar a compra da SenseData, uma startup dona de uma plataforma de gestão de customer success. 

Não foi aberto o valor da transação. A SenseDatafez  parte da primeira turma de residentes do Google Campus São Paulo e é uma das 100 Startups to Watch de 2018 e 2020, segundo a Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios e o jornal Valor Econômico. 

Os clientes incluem nomes como Unilever, Porto Seguro, Ambev, VB Benefícios e Afya.

O CEO, Mateus Pestana, é um executivo experiente, com passagens pela Totvs e SAP, além de ter atuado como CEO da operação brasileira da LearnPad, uma startup britânica do setor de educação.

O tema Customer Success está em alta, na medida em que muitas empresas migram seus produtos para modelos com pagamento por assinatura.

Diferente de um sistema de gestão de relacionamento com o cliente (CRM, na sigla em inglês), que tem um viés mais transacional, as plataformas de Customer Success focam na relação de longo prazo, visando reter assinantes e diminuir a rotatividade na base de clientes (churn, no jargão).

É a nona aquisição da Zenvia e a primeira após captar US$ 200 milhões com a sua abertura de capital na bolsa americana Nasdaq.

Em julho de 2020, a companhia adquiriu a Sirena, startup argentina focada em soluções de comunicação para times de vendas por WhatsApp. Em julho deste ano, anunciou a aquisição da D1, provedora de “orquestração de jornadas digitais”.

A motivação é diversificar a oferta e origem das receitas. Fundada em 2000, a Zenvia tem cerca de um terço da sua receita é gerado pelos dez maiores clientes, a maior parte dela vinda do negócio de comunicações por SMS, no qual a empresa é líder no país, depois de comprar diversas concorrentes.

A base total de clientes é de 10 mil, para os quais a Zenvia oferece tecnologias mais em voga que o SMS, como uma plataforma para criar chatbots, e, agora, software para gestão de customer success. 

“Estamos evoluindo nossa plataforma para ajudar cada vez mais as empresas a criarem experiências melhores e mais eficientes para seus consumidores. A aquisição da SenseData é parte fundamental, rumo ao futuro que estamos construindo”, diz Cassio Bobsin, CEO da Zenvia.

Juntas, as empresas passarão a somar mais de R$ 500 milhões em receita anual, mais de 10 mil clientes e 920 colaboradores. A fatia do leão é da Zenvia, que faturou  R$ 492,5 milhões em 2020.