Adeus, caracteres distorcidos. Foto: Divulgação.

O Google anunciou que muitos de seus captchas serão reduzidos a nada mais do que uma única caixa de seleção ao lado da instrução "Eu não sou um robô". Só será necessário clicar no botão e não mais digitar códigos distorcidos.

A empresa diz que pode, em muitos casos, estabelecer a diferença entre uma pessoa ou um programa automatizado simplesmente seguindo pistas que não envolvem qualquer interação do usuário.

"Para a maioria dos usuários, isso simplifica drasticamente a experiência. Os usuários basicamente ganham um passe livre, pois é possível resolver o captcha sem ter que resolvê-lo", diz Vinay Shet, gerente de produtos da equipe de Captcha do Google, segundo o Wired.

Em vez de depender do teste de palavra distorcida, o reCaptcha, do Google, examina pistas que cada usuário fornece inconscientemente. Endereços IP e cookies fornecem evidências de que o usuário é o mesmo que o Google já teve contato em algum lugar da web. 

Além disso, segundo Shet, até mesmo os pequenos movimentos do mouse que um usuário faz para se aproximar de uma caixa de seleção pode ajudar a revelar um bot automatizado.

"Tudo isso nos dá um modelo de como um ser humano se comporta", diz Shet.

Ele acrescenta que o Google também vai usar outras variáveis que não são reveladas para não ajudar botmasters a melhorar os softwares.

Nos casos em que um simples clique não produz uma resposta conclusiva, uma janela pop-up vai exigir que os usuários decifrem o tradicional texto distorcido. 

Em testes durante a semana passada em sites que usam captcha do Google, a maioria dos usuários provou não ser um robô sem a necessidade da segunda etapa. 

Cerca de 60% dos usuários do WordPress e 80% dos usuários do site de vendas de jogos Humble Bundle passaram o captcha apenas com a caixa de seleção.

Para os usuários de smartphones e tablets, o Google não simplificou o captcha para um único clique. Em vez disso, ele vai mostrar aos usuários uma coleção de imagens e pedir-lhes para fazer distinções que podem ser difíceis para bots. 

Por exemplo, ela pode exibir uma imagem de um gato e pedir que o usuário toque as imagens que correspondem a ele entre outras oito fotos de gatos, cães, ratos e folhas.