O novo terminal de Florianópolis contará com dez pontes de embarque. Foto: Pexels.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 376 milhões à Concessionária do Aeroporto Internacional de Florianópolis (CAIF). 

A operação tem por finalidade apoiar os investimentos obrigatórios previstos no Contrato de Concessão celebrado entre a empresa e a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). 

O apoio do BNDES, na modalidade Project Finance, corresponde a 61% do total de investimentos de R$ 620 milhões em obras para a construção de um novo terminal de passageiros, com dois níveis operacionais e capacidade estimada para processamento de 8 milhões de passageiros/ano.

O terminal contará com dez pontes de embarque; área comercial com aproximadamente 4 mil metros quadrados; check-in com 44 posições; oito esteiras de restituição de bagagem, sendo duas internacionais, cinco domésticas e uma reversível e 14 portões de embarque, sendo três internacionais e 11 domésticos. 

O plano de investimentos da CAIF também inclui a construção de novo pátio de aeronaves com 18 posições (mais de três vezes a capacidade do pátio atual); construção de novo estacionamento de automóveis com 2.530 vagas; construção de nova pista de táxi para aeronaves e adequações nas pistas de pouso e decolagens, incluindo implantação de áreas de segurança nas cabeceiras das pistas. 

A concessão do aeroporto de Florianópolis, resultado da quarta rodada de concessões aeroportuárias  tem vigência de 30 anos e prevê que os investimentos obrigatórios ocorram até o final de outubro de 2019. 

O Aeroporto de Florianópolis é o maior dos aeroportos de Santa Catarina e movimentou 3,83 milhões de passageiros em 2017. A capacidade do terminal de passageiros é de apenas 2,1 milhões de passageiros/ano e o atual pátio de aeronaves também apresenta restrições de capacidade. 

No primeiro trimestre de 2018, o aeroporto obteve nota 3,58 na satisfação geral dos passageiros, medida pela Pesquisa SAC, resultado mais baixo registrado entre os aeroportos pesquisados. 

A Concessionária do Aeroporto Internacional de Florianópolis é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) criada para a ampliação, manutenção e exploração do Aeroporto de Florianópolis.

A empresa é subsidiária do Grupo Zürich, operador aeroportuário que controla o Aeroporto de Zurique, o maior da Suíça, além de atuar em outros seis aeroportos na América Latina.