FUTURO

Amazon lança serviço de computação quântica

03/12/2019 12:46

A empresa espera oferecer o Amazon Braket para todos os clientes em 2020.

A AWS está com o novo serviço Amazon Braket disponível apenas para clientes selecionados. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A AWS acaba de anunciar uma nova oferta para clientes empresariais selecionados, que poderão experimentar serviços em estágio inicial de computação quântica na nuvem.

O novo serviço, batizado de Amazon Braket, está em fase de “preview”. A plataforma permite que os clientes empresariais explorem como eles poderiam utilizar os computadores quânticos a partir de simulações de desenvolvimento e teste de algoritmos quântico. 

A empresa também oferece acesso a diferentes hardwares de computação quântica em estágio inicial de fornecedores como D-Wave Systems, IonQ e Rigetti Computing.

"Os clientes estão pedindo maneiras de experimentar computadores quânticos e explorar o potencial da tecnologia", diz Charlie Bell, vice-presidente sênior da AWS, em comunicado.

A empresa espera lançar o serviço para todos os clientes em 2020.

Uma das companhias que vai aproveitar a nova oferta é a Boeing, que planeja colaborar com a AWS na exploração de aplicativos para computação quântica. A empresa deseja estudar como a tecnologia pode acelerar a pesquisa em ciência dos materiais e atuar na proteção de comunicações.

Bill Vass, vice-presidente de tecnologia da AWS, destaca que a computação quântica também pode ser útil para empresas de transporte e logística, incluindo a Amazon. A tecnologia pode ajudar a encontrar rotas mais eficientes para entregas. 

"A computação quântica tem o potencial de resolver alguns problemas complicados e difíceis de alcançar com os algoritmos atuais nos computadores existentes", completa.

Como parte da estratégia de exploração da computação quântica, a AWS ainda anunciou a abertura do AWS Center for Quantum Computing perto do campus do California Institute of Technology, em Pasadena, na Califórnia. O ambiente vai reunir especialistas da empresa com pesquisadores da Caltech e de outras instituições.

O objetivo do centro é pesquisar tecnologias que permitam que computadores quânticos sejam produzidos em massa, além de identificar aplicativos que podem ser melhor resolvidos em computadores quânticos.

Os computadores quânticos têm o potencial de classificar um vasto número de possibilidades em tempo quase real e chegar a uma solução provável. Enquanto os computadores tradicionais armazenam informações como zeros (0) ou uns (1), os computadores quânticos usam bits quânticos, ou qubits, que representam e armazenam informações como zeros (0) e uns (1) simultaneamente.

Microsoft, Google e IBM são as outras gigantes de tecnologia que já anunciaram projetos de computação quântica, conforme lembra o Wall Street Journal.

A Microsoft e a IBM, por exemplo, também já permitem que as empresas experimentem hardware de computação quântica em suas respectivas nuvens. 

No entanto, nenhum computador quântico de nível comercial foi construído ainda.

A IBM oferece aos clientes acesso a máquinas de computação quântica em estágio inicial através de sua nuvem desde 2016. 

O Google anunciou em outubro um experimento de computação quântica que gerou cerca de 1 milhão de seqüências aleatórias de números em aproximadamente três minutos. Segundo a empresa, o supercomputador convencional mais rápido do mundo teria levado 10 mil anos para concluir a tarefa. No entanto, os cientistas da IBM discordam, dizendo que o projeto poderia ser realizado por um computador tradicional em 2 dias e meio.

A Microsoft apresentou em novembro ferramentas de computação quântica baseadas na nuvem que as empresas podem usar para acelerar os cálculos em computadores clássicos, entre outras ações.

Veja também

OPERAÇÃO
Kovi utiliza solução serverless da AWS

Por meio do seu sistema, a Kovi gerencia sua frota de 4 mil veículos em tempo real.

EDUCAÇÃO
Centro Universitário Senac entra no AWS Academy

Os alunos da instituição poderão obter um certificado extra focado em nuvem durante a graduação.

TENDÊNCIA
Por que as redes Blockchain vão revolucionar as relações corporativas

O principal atrativo nas redes Blockchain são os contratos inteligentes.

FIDELIDADE
AWS tem novo plano de cobrança

Empresa pode fidelizar clientes com descontos para quem fecha acordos de um ou três anos.

EXCLUSIVO
Burgese, ex-Apple, lidera Google Cloud para setor público

Executivo reforça o time do Google para aumentar a penetração no segmento de governo.

NUVEM
AWS transforma demandas em serviços

Iniciativa funciona no Brasil, onde um pedido de cliente levou a um novo recurso focado em chatbots.

NUVEM
Microsoft leva contrato de US$ 10 bilhões do Pentágono

Decepção para a Oracle, que conseguiu derrubar a AWS, mas não levar o cliente.

TRANSFORMAÇÃO
Mandic apoia Natura com métodos ágeis

O projeto envolveu a implementação da ferramenta JIRA.

NUVEM
Ingram Micro Brasil é distribuidora da AWS

As soluções da AWS estão disponíveis no Ingram Micro Cloud Marketplace.