Para desenvolver a iniciativa, times do governo serão alocados na sede da Acate, em Florianópolis. Foto: Divulgação.

O Governo do Estado de Santa Catarina terá uma programa de inovação aberta para buscar conexão com startups que ofereçam soluções tecnológicas para auxiliar na digitalização da gestão estadual. 

O projeto será coordenado pela Secretaria de Estado da Administração (SEA) e será colocado em prática no âmbito do LinkLab, programa de inovação aberta da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate).

Para desenvolver a iniciativa, times do governo serão alocados na sede da Acate, em Florianópolis, com a criação do Laboratório de Inovação Nidus. A Polícia Militar de Santa Catarina será o primeiro órgão a atuar no novo espaço.

O LinkLab é um programa que busca conectar médias e grandes empresas a startups e ao ecossistema de inovação de Santa Catarina. A iniciativa foi lançada em Florianópolis em 2017. Depois, uma unidade do projeto foi levada em 2019 para o parque tecnológico Ágora Tech Park, em Joinville.

“Com a entrada do Governo do Estado no LinkLab, as empresas do ecossistema de Santa Catarina terão a oportunidade de levar inovação e tecnologia para o dia a dia da gestão pública. O Executivo catarinense está sendo pioneiro com este projeto, identificando oportunidades de melhoria e abrindo caminho para que outros governos possam também pensar cada vez mais sobre inovação”, afirma Silvio Kotujansky, vice-presidente de Mercado da Acate e idealizador do LinkLab.

Como parte de sua estratégia de digitalização, o Governo de SC lançou também uma plataforma online que integra todos os serviços estaduais ao portal de notícias do estado. 

Essa realização é uma parceria da Secretaria Executiva de Comunicação, da Secretaria de Estado da Administração e do Centro de Informática e Automação de SC (Ciasc), com todos os demais órgãos do governo.

“O Governo se integra à rede de inovação de Santa Catarina. Nós precisamos ser inovadores de fato, facilitar a vida do cidadão e encontrar soluções para os problemas dos catarinenses. É uma iniciativa inédita no estado que nos permitirá avançar nas áreas de saúde, educação, segurança pública, infraestrutura”, afirma o governador Carlos Moisés da Silva. 

A Acate representa o setor tecnológico de Santa Catarina, que tem faturamento estimado de R$ 11,4 bilhões e corresponde a aproximadamente 5% do PIB do estado. 

Santa Catarina conta com 11,2 mil empresas de tecnologia, que somam 51,8 mil funcionários.