Dejair José Resende.

A Red&White IT Solutions, empresa goiana de tecnologia da informação do grupo José Alves, ampliou sua oferta de tecnologia SAP, passando a oferecer o Business One, software de gestão da multinacional alemã focado em pequenas e médias empresas.

O negócio tem uma equipe própria e o objetivo de ser a principal consultoria Business One do centro-oeste, mas a Red&White não abriu metas mais exatas. No momento, uma implementação está em curso.

"Com consultores altamente experientes e certificados, entramos com força para atuação neste novo mercado", afirma Dejair José Resende, diretor superintendente da Red&White.

A Red&White tem credenciais no mundo SAP, trabalhando com tecnologias da companhia desde 2009, incluindo o ERP All-in-One, e soluções de Business Intelligence, como o SAP Business Objects. 

Além disso, já recebeu por três vezes a certificação Partner Center of Expertise (PCoE), um atestado de boas práticas de gestão e suporte às soluções da SAP. 

No entanto, nada disso garante uma entrada bem sucedida no mundo B1, como atestam as tentativas frustradas de muitas empresas de porte similar ao da Red&White.

O ERP da SAP para pequenas e médias é pensado para ser um produto de ticket médio baixo e implementação rápida em clientes que muitas vezes não dispõem  de um departamento de TI estruturado.

É o exato oposto do universo de companhias médias para grandes no qual os parceiros SAP são acostumados a transitar. 

Muitas vezes, esse tipo de parceiro acaba de limitando a projetos com B1 nos quais o sistema é implantado em filiais ou operações secundárias dos grandes clientes SAP.

A situação se reflete na relativa baixa penetração do B1 no  Brasil.

A base de empresas usuárias de B1 no país gira em torno de 6 mil, um número significativo (8% da base mundial do produto), mas pequeno frente ao tamanho potencial do mercado e aos 10 anos de presença da solução no país.

Segundo aponta uma pesquisa sobre o mercado de TI feita pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV), a SAP tem 10% de participação no mercado de empresas com até 170 usuários de ERP, contra a 51% da Totvs. A categoria “outros”, soma 27% do bolo total.

A Red&White tem 150 funcionários e trabalha com tecnologias SAP, Oracle e IBM em projetos de sustentação e suporte AMS, consultoria mobile, ITSM e projetos de Business Intelligence. 

O grupo José Alves tem negócios nos setores de produção e distribuição de bebidas, embalagens, ensino superior, concursos, aluguel de veículos, rastreamento de veículos e imobiliário.

Ao todo, são mais de 3,5 mil colaboradores e um faturamento estimado na casa do R$ 1 bilhão.