O Parque de Itaipu reúne centros e laboratório de pesquisa, instituições de ensino e empresas. Foto: Divulgação.

A Schneider Electric, especialista em gestão de energia e automação, implementou o Smart Panel, Supervisório PME e toda a infraestrutura para o novo data center do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI). 

“O PTI precisava de uma solução completa que garantisse disponibilidade e eficiência para o novo data center da usina. Nossos recursos vão permitir a redução dos custos de manutenção, além de oferecer todas as medições de energia consolidadas em um único relatório”, afirma Renato Tadeu da Costa Gonçalves, engenheiro de aplicação de produto da Schneider.

Instalado em uma área de 75,54 hectares, o PTI é um espaço que reúne centros e laboratório de pesquisa, instituições de ensino e empresas. O PTI é um ambiente de avanços tecnológicos e científicos que atua no processo de modernização da Usina de Itaipu. 

A Usina Hidrelétrica de Itaipu é a segunda maior do mundo em geração de energia, fornecendo cerca de 75% da energia elétrica consumida no Paraguai e 17% de toda a demanda do Brasil. 

Há pouco mais de um ano, o Ministério das Comunicações, a Itaipu Binacional e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu-Brasil assinaram um acordo de cooperação para criar um “condomínio de data centers” no parque tecnológico localizado dentro da usina de energia.

Na época, foi criado um grupo de trabalho para definir metas, cronograma e recursos necessários para desenvolver o projeto.

Itaipu ficou responsável por realizar estudos de viabilidade de energia elétrica para os projetos selecionados e oferecer local físico para a implantação dos datacenters.

Já o Ministério das Comunicações foi designado a buscar isenções e deduções fiscais para os datacenters, oferecer serviços de conectividade de alta capacidade para os projetos e também incentivar o desenvolvimento nacional de aplicativos e serviços em nuvem.

A Schneider Electric alcançou receita de € 25 bilhões em 2014. Os 170 mil funcionários da empresa atendem clientes em mais de 100 países.