Algar cresce em 2014. Foto: divulgação.

A Algar Telecom, operadora de serviços de telecomunicação do grupo Algar, divulgou seus resultados referentes a 2014, apontou um crescimento em sua receita líquida, crescendo 17,7% em relação a 2013.

A receita da companhia foi de R$ 2,3 bilhões, alavancado por um crescimento de 28% nos ganhos de serviços em telefonia móvel. Além disso, o segmento de TV por assinatura também teve uma participação significativa, crescendo 20%.

As soluções de telecomunicação para clientes corporativos teve o terceiro maior crescimento no ano, com ganhos de 14% em 2014. Dentro desta vertical, a operadora registrou um incremento de 45% nas soluções que integram tecnologia da informação e telecomunicações (TIC) com terceirização de processos de negócios (BPO).

Ainda do segmento corporativo, a empresa teve um impulso acentuado no número de novas linhas fixas, que subiu 27% segundo a companhia, apoiado principalmente pelos investimentos em expansão do seu backbone de fibra óptica.

A melhoria em tecnologia fez parte de um plano de investimentos da Algar Tech, empresa irmã da operadora, que gastou R$ 22 milhões para atualizar tecnologias e infraestrutura de seus data centers, assim como um novo backbone de rede compartilhado com a telecom.

Enquanto que o número de linhas corporativas aumentou, o quadro de linhas fixas passou de 804 mil para 812 mil entre os clientes físicos, um crescimento tímido de 1%.

No segmento de telefonia móvel, a empresa ultrapassou a barreira de 1 milhão de usuários, fechando o ano com 1,151 milhão de clientes. As operações de banda larga fixa cresceram 4,8%, mas houve uma retração nos pacotes de TV por assinatura (decréscimo de 9,8%).

A Algar Telecom também divulgou os investimentos de 2014, os quais somaram R$ 571,7 milhões O montante inclui a aquisição da empresa de TI Asyst (17% do total) e as ações para reforçar o posicionamento competitivo da companhia nos próximos anos.

Do total de investimentos, 57% foi direcionado para a expansão de redes e o consequente crescimento dos serviços de dados, voz e TV e 6% para a expansão orgânica do negócio Soluções Integradas de TIC e BPO. A manutenção da operação e a garantia da qualidade dos serviços recebeu 20% dos recursos.

No cenário nacional, a Algar já ocupa a sexta colocação no mercado, com 0,43% do share, figurando atrás dos quatro grandes players do mercado (Vivo, Claro, TIM e Oi) e a Nextel.