André Scatolini.

A Resource decidiu apostar pesado na criação de uma nova área dentro da empresa, focada em tecnologias de digital, computação em nuvem e Internet das Coisas.

A unidade de negócios de Infra Technology & Solutions será comandada por um novo VP, André Scatolini, ex-VP de TI e Serviços da Capgemini no Brasil.

Scatolini comandará 400 profissionais, um pouco mais de 10% da equipe total da Resource, com 50 projetos em andamento. 

“Os objetivos dessa nova unidade contemplam o foco em inovação e na eficiência operacional por meio de soluções digitais e modelos em nuvem, além de automação de processos com gestão eficiente de dados”, aponta o Paulo Marcelo, CEO da Resource.

A contratação de Scatolini parece ter sido influenciada por Marcelo, que assumiu a posição de CEO no final do ano passado (o fundador da empresa, Gilmar Batistela, passará a atuar como chairman do conselho de administração).

Marcelo foi um dos fundadores da Unitech, uma companhia de TI que depois se fundiu com a Braxis em 2007, formando o embrião da CPM Braxis, adquirida pela gigante francesa Capgemini em 2010. 

Já dentro da Capgemini, Marcelo fez carreira até o posto de presidente. Scatolini entrou na então CPM Braxis em 2003 e seguiu uma trajetória parecida. 

“Chego com uma expectativa muito positiva por participar deste importante momento da companhia e contribuir com o desenvolvimento de um portfólio mais abrangente”, comenta Scatolini.

O executivo tem metas ousadas. A estimativa é que o negócio seja responsável por 20% da receita da Resource até 2019, subindo para 30% até 2021.

O objetivo da Resource é dobrar o faturamento em três anos, realizar a abertura de capital e atingir cerca de R$ 1 bilhão de receita anual até 2021.

Para isso, a empresa vai ter que voltar a crescer em ritmo acelerado. A Resource não divulgou resultados para 2016, o que, tendo em vista o desempenho geral da economia, provavelmente indica diminuição, ou, na melhor das hipóteses, estabilidade.

Em 2015, a companhia faturou R$ 435 milhões, uma alta de 5% frente aos resultados de 2014.

Com cerca de 3 mil colaboradores e mais de 300 clientes, a companhia possui 18 escritórios, com matriz em São Paulo e filiais em Alphaville, Americana, Campinas, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Curitiba, Itajaí e Porto Alegre.