O Datathon da Qubo será um desafio de dados sobre saúde pública do Brasil. Foto: Pexels.

Serão abertas no dia 14 de junho as inscrições para o Datathon da Qubo, desafio de dados sobre saúde pública do Brasil. A competição envolve análise de dados abertos com o objetivo de produzir infográficos, insights e outras narrativas sobre as informações disponibilizadas pelo governo brasileiro.

Diferentemente de um hackathon - que tem local específico e prazo reduzido para sua realização - o modelo de datathon pode acontecer online, por um período mais longo e com participantes em diferentes países. 

O lançamento do Desafio de Dados está marcado para o dia 14/6, às 17h, no auditório do BioTIC, em Brasília, data de abertura das inscrições. É possível se candidatar individualmente ou em equipes de até 3 pessoas, mas o projeto tem limite de 500 vagas.

“Queremos promover um debate qualificado para melhorar e ampliar o entendimento sobre saúde pública no Brasil a partir dos insights feitos pelos competidores do Desafio. O Datathon pretende fomentar análises propositivas, que podem apresentar potenciais tendências, identificar comportamentos e contextualizar dados da área de saúde”, explica Gustavo Guimarães, presidente da Qubo Tecnologia, empresa responsável pelo desafio.

Os participantes do Datathon vão poder utilizar dados do Ministério da Saúde, SICONV, IBGE, ANVISA, Ipea, Dieese, Portal da Transparência e outros que possam ajudar a contextualizar os dados da saúde pública.

O Brasil possui uma Política de Dados Abertos que foi instituída pelo decreto 8.777/2016, que estabelece o Plano de Dados Abertos - documento orientador para as ações de implementação e promoção de abertura de dados de cada órgão ou entidade da administração pública federal, obedecidos os padrões mínimos de qualidade, de forma a facilitar o entendimento e a reutilização das informações. 

A Qubo Tecnologia é uma empresa brasiliense especializada em análise de dados. A companhia acumula 10 anos de experiência em soluções de análise, ingestão, tratamento e visualização de dados.