Besaliel Botelho, presidente da Robert Bosch América Latina. Foto: Divulgação.

A Bosch fechou o ano fiscal de 2018 com vendas totais de R$ 6,5 bilhões na América Latina, incluindo as exportações e as vendas das empresas coligadas. O resultado representa um crescimento de 12% em relação a 2017.

A estratégia de expansão da empresa no Brasil passa pelos investimentos em inovação, especialmente em novas ofertas ligadas a internet das coisas. Na América Latina, a Bosch mantém o patamar de investimento em torno de 3,5% do seu faturamento total em P&D, o que representou cerca de R$ 185 milhões. 

Com experiência em sensores, softwares e serviços, a empresa busca criar novas oportunidades de negócios. 

“Estamos expandindo nossos negócios com base em soluções inteligentes para as áreas da mobilidade, agronegócios, mineração e indústria”, ressalta Besaliel Botelho, presidente da Robert Bosch América Latina.

Para a empresa, um destaque do uso de IoT no negócio de Soluções para Mobilidade é a digitalização do mercado de reposição automotiva. Durante o Salão do Automóvel e a Automec, a Bosch apresentou o software Connected Repair, que conecta todos os equipamentos já disponíveis na oficina e permite que os dados coletados do veículo fiquem disponíveis para serem acessados em outros computadores e sistemas interligados em rede. 

O agronegócio é outro importante setor para a Bosch na região. Além da Plataforma Bosch de Pecuária de Precisão - uma solução de IoT desenvolvida no Brasil - a Bosch recentemente mostrou duas outras soluções de conectividade para esse segmento de negócio durante a Agrishow. 

A primeira é a Solução de Plantio Inteligente Bosch, sistema desenvolvido para atender as demandas dos mercados brasileiro e argentino, que permite otimizar a distribuição de sementes de acordo com a fertilidade e curvas do solo.

Outro lançamento é a Solução de Pulverização Inteligente Bosch, que possibilita que o agricultor pulverize herbicida apenas onde realmente é necessário. O sistema faz uso de câmeras específicas com algoritmos de Inteligência Artificial (AI) que detectam linhas de culturas e identificam as ervas daninhas na área de cultivo em tempo real.

Em 2018, as operações da empresa no Brasil foram responsáveis por 80% do volume de vendas na região da América Latina, atingindo R$ 5,3 bilhões.

Para 2019, o Grupo Bosch esper um ligeiro crescimento nas vendas em relação a 2018 na região.

A companhia está presente na América Latina desde o início do século 20 com operações na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Panamá, Peru, Uruguai, Venezuela e, mais recentemente, com um escritório de vendas no Paraguai.