Bernardo Winik, VP de clientes da Oi. Foto: divulgação.

A Oi lançou um novo serviço de internet por fibra ótica, com 400 mega de velocidade de download e 200 mega de velocidade de upload, em 112 cidades de todas as regiões do país.

Na lista dos locais que receberão o serviço, estão 25 capitais de estados brasileiros, além de Brasília. A única que ainda está de fora é São Paulo, assim como todo o seu estado.

De qualquer forma, a maioria das cidades contempladas fica no Sudeste: 36%, enquanto 26% do municípios ficam no Sul e 22%, no Nordeste. No Centro-Oeste, estão 10% deles e, no Norte, 6%.

As cidades receberão ofertas que incluem serviços de internet, telefonia fixa (VoIP), conteúdo sob demanda (OTT) e TV por assinatura (IPTV) com valores a partir de R$ 149,90 por mês.

“Com o novo produto, a Oi Fibra pode transmitir ainda mais dados em muito menos tempo. Ela se torna ainda mais adequada para fazer lives, assistir filmes e séries, jogar on-line sem lag, baixar arquivos pesados com mais rapidez e conectar múltiplos devices”, ressalta Bernardo Winik, VP de clientes da Oi.

A Oi define a fibra ótica, lançada em 2018, como “o coração da sua estratégia de negócios”. Segundo a empresa, seu projeto é um dos maiores do mundo e o foco está em transformar a companhia na maior provedora de infraestrutura em fibra do país. 

Atualmente, a companhia tem quase 400 mil quilômetros de rede de transporte de dados instalada, que passam por mais de 400 mil casas e conectam mais de 100 mil usuários por mês com fibra ótica residencial.