Baguete
InícioNotícias> Paraná cria rede social para professores

Tamanho da fonte:-A+A

CONECTA

Paraná cria rede social para professores

Felipe Nogs
// sexta, 04/07/2014 12:00

s professores do sistema de ensino do governo paranaense contam com uma plataforma exclusiva para trocarem informações e ideias sobre educação na internet. Criado em fevereiro desse ano, a Rede Conecta é a primeira rede social para professores oferecida por um órgão governamental no Brasil.

Foto: São mais de 880 professores na rede. Foto: Hedeson Alves/Seed


Desenvolvida pela Secretaria da Educação do estado, o projeto tem a coordenação do diretor de políticas e tecnologias educacionais da secretaria da educação, Eziquiel Menta.

“Com a vinda dos tablets para os professores, concedidos pelo governo, alguns professores fazia o uso trivial da tecnologia, muitas vezes, focando na utilização pessoal. A partir disso, percebemos que era possível ir além”, comenta Menta.

O diretor de políticas e tecnologias educacionais da secretaria de educação do estado do Paraná afirma que o estado tem um total de 2.100 escolas. Todas as escolas estão conectadas a internet, por banda larga ou rádio. 66% contam com conexão de fibra óptica.

A primeira iniciativa foi oferecer um curso sobre mobilidade para a rede de 73 mil professores, gratuitamente, onde é ensinado desde os princípíos básicos até a aplicação da tecnologia em sala de aula.

A partir daí os pedagogos propuseram a criação de um espaço para compartilhar o conteúdo e materiais relacionadas à tecnologias educacionais. Com isso se deu a criação da rede social, que foi codificada em Elgg, plataforma para o desenvolvimento de redes internas.

A tática adotada pelo diretor é bem similar a que o Orkut utilizou em seu início no país: convites. Para garantir que só professores usem a plataforma, os professores que já fazem parte dela podem enviar convidar para outros colegas.

A reportagem do Baguete teve acesso a plataforma e constatou que o layout da rede social é muito similar ao Facebook. No entanto, é visível que todas as ações internas são unicamente voltadas para fomentar o debate e o compartilhamento de temáticas relacionadas a sala de aula.

No Conecta os professores também podem criar fóruns, enquetes e pesquisar informações em outras secretarias de Educação, Ministério da Educação e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, por exemplo.

A ferramenta também disponibiliza um app de mensagens em tempo real e possibilita que outras redes sociais sejam vistas pelo próprio ambiente virtual do Conecta.

Atualmente a rede online concentra 880 educadores, formada por docentes e outros profissionais de educação. A meta de Menta é chegar a 5 mil usuários até o final do ano.

A grande cartada do sistema é permitir que os professores de qualquer localidade ou campo de atuação façam parte da plataforma. Eziquiel comenta que já há participantes de três estados diferentes do Paraná.

Para o futuro, a secretaria pode implantar esse sistema para os alunos, a fim de promover o compartilhamento de conhecimento. Além disso, eles pretendem aplicar conceitos de gamificação, liberando funcionalidades para os usuários mais ativos nos debates.

Felipe Nogueira