Jorge Branco.

A Assespro-RS foi a entidade mais votada entre os 13 novos integrantes do conselho do órgão, para a gestão 2019-21.

Ao todo, 18 entidades disputaram um lugar no conselho. Os representantes das 80 organizações envolvidas podiam escolher 13 e a Assespro-RS foi a mais escolhida entre todos, com 93,6%.

"Essa votação expressiva deixa a todos muito felizes porque é um reconhecimento à representatividade e ao trabalho sério e competente que a Assespro-RS realiza a favor do setor de TI", avalia Julio Ferst, diretor de políticas educacionais da Assespro-RS.

Criado há 20 anos, o Comcet é um órgão consultivo, propositivo e fiscalizador do projetos desenvolvidos pela prefeitura em ciência e tecnologia.

Participam da entidade de forma permanente a PUC-RS, a Secretaria de Ciência e Tecnologia e a UFRGS.

Outras entidades são eleitas, incluindo, para esse novo período, outras organizações com laços com o setor de TI como Associação Software Livre,  Softsul e Sucesu-RS.

A Assespro-RS participa desde 2011 e é a origem do atual presidente do Comcet, Jorge Antonio Branco, empresário de TI que foi ex-presidente da entidade.

Nessa nova gestão, o Comcet deve buscar o alinhamento das suas diretrizes com as do Pacto Alegre, movimento liderado por UFRGS, Unisinos e PUC-RS que busca transformar Porto Alegre em uma referência como um ecossistema global de inovação.

"Entendemos que o Pacto Alegre contém os rumos que nossa cidade precisa e agora vamos somar a esse esforço coletivo", comenta Branco.