Marcos Silva.

Tamanho da fonte: -A+A

A Recovery, empresa de cobrança do Grupo Itaú, acaba de contratar Marcos Silva, fundador da consultoria especializada em análise de dados Beacon, como head de Analytics e Dados. 

Silva tem 10 anos de experiência no assunto, o que, em um campo relativamente recente, é bastante coisa.

Ao mesmo tempo em que atuava na Beacon, ele foi head de modelling na Acordo Certo, uma startup do setor de cobrança comprada no ano passado pelo Boa Vista, um dos grandes players no setor de avaliação de crédito.

Ele também trabalho com ciência de dados na Nextel, Stone, iFood e Magazine Luiza, além de ser pesquisador sobre o tema no Centro de Excelência em Inteligência Artificial (CEIA) & Deep Learning Brasil, um centro de pesquisa focado no assunto financiado por empresas privadas em Goiânia.

“A Recovery tem o desafio de se tornar cada vez mais data driven, ancorada em dados para entender o comportamento do brasileiro e ajudá-lo a transformar dívidas em recomeços”, afirma Silva.

A Recovery tem 300 funcionários e é uma das líderes do mercado de cobrança, com mais de 27 milhões de clientes em sua base e mais de R$ 110 bilhões de carteiras inadimplentes sob gestão.