Novo Centro de P&I da L'Oréal: brasileiro como a Grazi. Foto: Divulgação

Foi apresentado nesta terça-feira, 4, no Rio de Janeiro o projeto do novo Centro de Pesquisa e Inovação (P&I) da L'Oreál, que deve ser inaugurado em 2014.

Conforme a companhia francesa, serão 150 empregos diretos criados até 2014 com investimento de R$ 70 milhões.

Também serão realizadas parcerias de cooperação com universidades, cientistas e fornecedores locais, e projeto de arquitetura e construção com empresas brasileiras.

O Centro terá uma área total de mais de 28 mil metros quadrados, com 10 mil sendo construídos na primeira fase na Ilha de Bom Jesus, que acolhe outros centros de pesquisa tecnológicos, como o da General Eletric.

O objetivo é desenvolver produtos para pele, cabelo, corpo, unhas, desodorantes e perfumes com pesquisa avançada em áreas como Biologia, Física, Engenharia de Robótica e Sociologia. O projeto é o sexto do Grupo L’Oréal no mundo (os outros são na França, Estados Unidos, Japão, China e Índia).

No Brasil há mais de 50 anos, a companhia possui fábricas no Rio de Janeiro e em São Paulo com mais de 2 mil colaboradores. No Rio de Janeiro, a empresa já tem um laboratório, que funciona desde 2008.