A muralha não está na programação da missão gaúcha, mas diversos parques de TI, sim. Foto: Flickr.com/travelntg

O governo do estado realiza uma missão à China entre esta quinta-feira, 05, e a segunda, 16, em busca de parcerias na área da ciência e tecnologia.

A viagem é uma das etapas precursoras à visita oficial do governador Tarso Genro ao país, em dezembro, e reunirá integrantes do governo, a gerente Inovação e Tecnologia do Sebrae-RS, Marta Alejandra Folha Pastorino, e a analista do Tecnosinos, Sandra Schafer.

Segundo a secretária-adjunta de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Ghissia Hauser, a intenção é de estabelecer acordos bilaterais com parques tecnológicos e incubadoras chineses.

Entre as atividades da comitiva gaúcha, estão visitas ao Centro de Inovação e Tecnologia, Centro Nacional de Pesquisa em Engenharia de Nanotecnologia e Design Cluster, em Xangai; Parque Criativo e Incubadora, em Wuhan; Parque de Ciências Zhongguancun e Universidade Cai Jun-Tsinghua, em Pequim.

"Temos a expectativa de retornar com parcerias articuladas, que serão assinadas na missão oficial do governador à China", informa Ghissia.

A comitiva gaúcha também irá identificar possibilidades de cooperação na indústria criativa, nutracêutica (união da nutrição e farmacêutica), tecnologias agrícolas, saúde avançada, petróleo e gás, segundo nota oficial.

De acordo com a secretária, o sistema de softlandig (pouso suave), estrutura de acolhimento de pequenas empresas chinesas no Rio Grande do Sul, será analisado como forma de benefício mútuo.

"O softlanding também irá permitir que empresas gaúchas consigam se estabelecer na China", diz a secretária.