Gil Torquato, CEO do UOL Diveo.

A UOL Diveo fechou um acordo para vender no Brasil o software da CloudHealth, empresa de gerenciamento de multicloud comprada pela VMware no ano passado por US$ 500 milhões.

Até agora, só a Allen e a Dedalus representavam a empresa no país

Os softwares da CloudHealth servem para fazer gerenciamento de custos, governança, automação, segurança e desempenho e geralmente são oferecidos por companhias com ofertas de multicloud.

"Uma das maiores preocupações durante o processo de migração para a nuvem é o controle de gastos e compliance da empresa. Com a plataforma da CloudHealth, conseguimos auxiliar as empresas na otimização de custos, mantendo a qualidade, segurança e todos os benefícios que a nuvem proporciona", explica Gil Torquato, CEO do UOL Diveo.

O UOL Diveo tem se destacado ultimamente no assunto nuvem. Em julho, a empresa foi reconhecida pela AWS como parceiro Rising Star, durante o Partner Summit 2019, evento exclusivo para os parceiros no Brasil.

É meio difícil estabelecer o que o selo significa, uma vez que o programa de canais da AWS no Brasil é meio caixa preta, sendo difícil de saber quem está lá.

Mais significativa é uma pesquisa recente da ISG, que apontou o UOL Diveo como líder nos seis quadrantes da sua pesquisa sobre serviços de nuvem híbrida prestados no Brasil.

A IBM ficou como um líder em cinco. Equinix, Tivit e Unisys são nomeados como líderes em três quadrantes, enquanto a Dedalus Prime é líder em dois. 

Ascenty, Atos, Capgemini, CenturyLink, DXC, ISH Tecnologia, Locaweb Corp. & Cluster2GO, TCS e T-Systems são líderes em um dos quadrantes.