Esquilo agora dá notinha que vale prêmio.

A rede Zaffari e Bourbon aderiu à Nota Fiscal Gaúcha (NFG), projeto lançado pelo governo do Rio Grande do Sul nos moldes da Nota Fiscal Paulista, que permite incluir o CPF do consumidor no cupom, com possibilidade de concorrer a prêmios em dinheiro.

Com 29 lojas distribuídas pelo Rio Grande do Sul, o Grupo Zaffari é a maior rede de hiper e supermercados do país, segundo dados próprios.

A empresa aumenta a lista de mais de 1,5 mil estabelecimentos credenciados na NFG em 241 municípios gaúchos.

Pelo projeto, as notas são identificadas pelo CPF do comprador, gerando cupons eletrônicos que reduzem a necessidade de impressora fiscal nos pontos de venda, já que a nota em papel só é impressa se o cliente fizer questão.

No ato da compra é gerada uma NF-e contendo chave de acesso com dígitos para que a pessoa possa consultar o documento quando quiser no site da Nota Fiscal Eletrônica – como já ocorre no meio corporativo.

A nova nota é autorizada em tempo real, à semelhança das transações realizadas por meio das máquinas de cartões de crédito, garante a Sefaz.

A NFG é de adesão opcional, mas conforme o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, a meta é oficializar o modelo, com um sistema único de emissão de notas fiscais, nos próximos meses.

O secretário de estado da Fazenda (Sefaz-RS), Odir Tonollier, selou a entrada do Zaffari na nota nesta quinta-feira, 04.

Conforme o diretor superintendente do grupo varejista, Claudio Zaffari, a adesão à nota é um passo que reforça a identidade gaúcha da rede, que mantém uma história estratégia de prezo pela tradição do estado.

"Acreditamos que toda empresa que preza pela eficiência, pelo serviço de qualidade e pela concorrência leal deve, gradativamente, estar cada vez mais a serviço do estado visando, acima de tudo, esses recursos" comenta Zaffari.

Em um segundo momento, quando passar a ser obrigatória, a NFG permitirá aos cidadãos indicarem, em um site, entidades sociais para receber os pontos gerados pelas suas compras – que já estão valendo desde o dia 16 de agosto.

Até agora, 1,71 mil entidades já participam do programa.