Gustavo Torres, sócio do C6Bank. Foto: Divulgação.

A C6Bank, empresa criada por ex-sócios do BTG Pactual que promete ser a próxima grande fintech do mercado brasileiro, acaba de lançar o Opp, hub de oportunidades que selecionará empreendedores para um programa que oferece aporte de capital, mentoria e espaço de coworking na sede do Banco.

Apesar da iniciativa, o banco comercial ainda está em processo de constituição e não detalha informações sobre o negócio.

O programa é destinado a startups em estágio inicial com produtos ou serviços ainda não lançados no mercado, ou que estejam em fase de validação de seu negócio.

As inscrições estão abertas até 30 de novembro no site do Opp. As startups selecionadas poderão receber investimento do C6 Bank e ocuparão o primeiro andar da sede do novo banco, na região dos Jardins, em São Paulo.

O programa de formação do Opp terá seis meses. Os empreendedores receberão mentoria em áreas como compliance, negócios, finanças, inovação, tecnologia e segurança da informação

 “O Opp surge para apoiar as startups com conhecimento, capital, espaço físico e, principalmente, conexões reais de negócio”, diz Gustavo Torres, sócio do C6Bank.

Conforme reportagem do Valor em novembro de 2017, Marcelo Kalim, Carlos Fonseca e Leandro Torres, todos egressos do BTG Pactual, devem colocar R$ 500 milhões no C6Bank.

Em junho, Vinícius Pessin, ex-diretor executivo para marketplace da B2W Digital, entrou no time de sócios do C6Bank.

Atualmente, de acordo com o Estadão, a instituição financeira já tem 150 funcionários e 20 sócios.