NUVEM LOCAL

Microsoft traz Azure para o Brasil

04/12/2013 19:03

A expansão faz parte de um investimento de US$ 1 bilhão da gigante da computação.

Mariano de Beer. Foto: Acessa SP.

Tamanho da fonte: -A+A

A Microsoft está trazendo sua nuvem para o Brasil. A companhia anunciou nesta quarta-feira, 04, a criação da nova região Brasil para o Windows Azure, com infraestrutura localizada no país.

A expansão faz parte de um investimento de US$ 1 bilhão da gigante da computação, que está adicionando novos países à lista de 89 que já são atendidos pela solução.

O país já contava com a solução desde 2010. Entre os clientes nacionais que já usavam o Azure antes divulgados pela Microsoft estão a Boa Vista Serviços e FBITS.

No Brasil, a operação será sustentada por uma estrutura de data center que ficará em São Paulo e centralizará a oferta da plataforma. De acordo com a multinacional, o plano é disponibilizar o Azure nestes moldes ainda no primeiro semestre de 2014.

Em declarações à IT Web o presidente da Microsoft Brasil, Mariano de Beer, explicou que a empresa prefere dizer que está disponibilizando uma plataforma em vez de data center.

Trocando em miúdos, o que isso quer dizer é que a companhia deverá alocar máquinas próprias em um prédio de terceiros, e gerenciar o serviço com equipes próprias.

A estrutura também servirá para abrigar o Office 365, sua suíte de escritório baseada na nuvem. Não foi revelado quem será o provedor do serviço.

Com a nova abordagem, a expectativa é que a operação nacional aumente a disponibilidade e latência do serviço entre 10 e 20 vezes. A fabricante estima que 3,5 mil clientes no país utilizarão a infraestrutura nacional.

Isso sem contar que deverá agradar o governo. Após o escândalo de espionagem da americana NSA, a presidente Dilma Rousseff vem defendendo a hospedagem de serviços em nuvens hospedadas dentro do país.

Com a oferta mais agressiva, a Microsoft esquenta a briga pelo mercado nacional com a Amazon Web Services, presente com infraestrutura local há dois anos.

De acordo com de Beer, que assumiu a Microsoft em julho, vindo do Grupo RBS, a estratégia para vender o Azure será intensificada.

Segundo o executivo, 7 mil parceiros no país estão preparados para integrar soluções em nuvem. Desses, 200 canais tem alto nível de certificação, com mais possibilidades de crescerem ofertas.

Veja também

TE CUIDA AWS
MS corta preços do Azure para bombar nuvem

Empresa lançou serviço de infraestrutura do Windows Azure e equiparou preços aos da Amazon Web Services.

PARCERIA
Microsoft e Oracle unidas na nuvem

Clientes da Microsoft poderão rodar softwares Oracle nas plataformas Windows Server Hyper-V e Windows Azure.

AWS E MS NO GRUPO
Globosat: nuvem, é tudo com Microsoft

Programadora vai de Windows Azure, enquanto a Rede Globo migrou 64 aplicações para a AWS.

NOVIDADE
Microsoft lançará open Java para Azure

A Microsoft oferecerá o Java Standard Edition até ao final do ano, tanto como PaaS, como componente do Windows Server IaaS.

PARCERIA
ERP da ContaAzul tem app para Windows 8

Microsoft parece ter apostado em ERP online com potencial de crescimento para divulgar sua plataforma móvel.

NUVEM
Go2neXt abre no Rio de Janeiro

Empresa mira grandes contratos e relacionamento com operadoras. 

NA NUVEM
Dimension Data terá data center no Brasil

Com novos serviços de SaaS e IaaS, a expectativa da companhia é atingir um crescimento de 40% no próximo ano fiscal.