Alexandre Morelli, head de cibersegurança da Yaman. Foto: divulgação.

A Yaman, consultoria ágil em engenharia e qualidade de software e segurança cibernética, anunciou a contratação de Alexandre Morelli como seu novo head de cibersegurança, área recém estruturada pela empresa.

Morelli vem da Everis Aeroespacial, Defensa y Seguridad, onde gerenciou a mesma área nos últimos 11 anos. Anteriormente, foi gerente de TI sênior da NTT Data, além de ter sido gerente de segurança da informação na Sonda.

O executivo é graduado em ciências da computação pela Universidade Nove de Julho e possui especialização em segurança de redes pela Universidade Mackenzie, assim como pós-graduação em forense computacional e direito digital pela Faculdade Impacta.

Na nova empresa, o profissional tem o desafio de acelerar a implementação de políticas, processos e práticas de prevenção, identificação, operação e governança de segurança cibernética nos clientes da Yaman. 

“Tenho uma carreira internacional voltada a apoiar grandes corporações neste tema e, agora, focaremos em apoiar as maiores empresas do Brasil a endereçarem segurança cibernética de forma estruturada, eficiente e assertiva, assim como as maiores do mundo fazem", afirma Morelli.

Fundada em 2011, a Yaman conta com mais de 350 especialistas e obteve um crescimento de 22% na receita em 2020, com meta de crescer 45% neste ano. Entre os seus clientes, estão 30 das 50 maiores empresas do Brasil.