Embalagem terá CR Code. Foto: flickr.com/photos/jexwebe

A Nestlé começa um projeto de incluir QR Codes em seus produtos pelos multipacks do Kit Kat.

O código de barras, que encaminhará os consumidores para sites com informações sobre o produto, começa a ser aplicado no Reino Unido e na Irlanda.

O objetivo da marca é inserir o QR Code em todo o seu portfólio de produtos com a pretensão de ajudar os consumidores a terem mais dados nutricionais e de fabricação.

A partir disso, os clientes também terão acesso a fatos sobre seus impactos, como a quantidade de água ou energia que é utilizada durante todo o seu ciclo de vida.

A Nestlé opera em 83 países e teve faturamento de US$ 89,27 bilhões em 2011.

A empresa diz que iniciativa é uma consequência natural do “compromisso de comunicar a importância de uma nutrição responsável e de moderação e variedade nos hábitos alimentares”.

DIFUNDIDA OU FRACASSADA?
O relatório Quick Response, divulgado pela Pitney Bowes, aponta que 15% dos consumidores ativam o QR Code ao se depararam com o código.

O percentual de uso aumenta na faixa etária média (entre 18 e 34), com 27% de interação, mas a empresa não apresentou os dados das outras idades – enquanto jovens tendem a se sentirem atraídos pelo código, os mais velhos devem ser os mais desinteressados.

Apesar da baixa taxa mundial, muitas marcas têm lançado iniciativas com a tecnologia. Recentemente, a prefeitura do Rio de Janeiro colocou os códigos em calçadas de pontos turísticos.