Jim Heppelmann. Foto: Baguete.

A PTC, especializada em software de gestão de projetos e de produtos para os setores corporativo e industrial, fechou o primeiro trimestre de seu ano fiscal 2013 (outubro, novembro e dezembro de 2012) com receita de US$ 321 milhões, alta anual de 2% em moeda corrente.

No período, a companhia fechou 27 novos negócios de grande porte, com nomes como AGCO, Caterpillar, Embraer, Esaote Group e Washington Metro Area Transit Authority, entre outros.

Além disso, a aquisição da Servigistics, em outubro de 2012 também contribuiu com aporte de US$ 27 milhões no faturamento.

Para o segundo trimestre do ano fiscal, a receita esperada é da ordem de US$ 305 a US$ 325 milhões.

Para todo o ano, a estimativa é de US$ 1,34 bilhão.

Na avaliação do presidente e CEO da PTC, James Heppelmann, a aquisição da Servigistics ampliou a oferta de soluções para o mercado SLM (Service Lifecycle Management), contribuindo para a expansão mesmo em meio a um ambiente econômico difícil.

"No segmento SLM, tivemos crescimento de dois dígitos em licenças no primeiro trimestre”, afirma Heppelmann. “E continuamos a demonstrar nossa liderança no mercado de PLM, o que foi reforçado com o negócio fechado no final de 2012 com a Embraer”, complementa.