Marca é a única multinacional de esportes brasileira. Foto: divulgação.

A Penalty, fabricante brasileira de artigos esportivos, anunciou que está investindo na iFut, startup brasiliense de gestão de torneios amadores de futebol. No entanto, o valor do aporte não foi divulgado.

Criada em 2015, a plataforma é inspirada nos grandes fantasy games esportivos, oferecendo automação, big data e gestão para organizadores de torneios de futebol, futsal e society.

Por meio do aplicativo, é possível gerir tabelas de classificação e rodadas de forma automática, receber inscrições on-line, imprimir súmulas dos jogos e compartilhar os resultados entre os participantes de cada torneio.

Com o investimento da Penalty, a plataforma deve acelerar sua atuação, que já conta com o cadastro de 5,5 mil organizadores e 74 mil atletas ativos.

No aplicativo, 66% dos praticantes cadastrados têm até 25 anos, 11% dos torneios são mistos ou femininos e a média é de 106 atletas por campeonato.

Para a marca esportiva, o apoio fortalece a presença no território da prática amadora. 

“Por meio da startup, iremos conhecer melhor o público e ter acesso a dados exclusivos. Com isso, a meta é avançar nas conexões com o praticante de futebol e criar uma estratégia de CRM mais robusta para fortalecer as vendas e fidelizar o fã”, explica Paulo Gaspar, gerente executivo de marketing e vendas da Penalty.

A Penalty também deve aproveitar a plataforma para testar produtos, mapear tendências e ativar seus principais assets ao longo do ano. 

Este já é o segundo aporte que a marca faz em plataformas digitais em 2020. 

No início de janeiro, anunciou o investimento no serviço gratuito de streaming MyCujoo, voltando as atenções para produção de conteúdo e interação com os fãs de futebol.

Especializada em produtos para a prática esportiva, a Penalty foi criada em 1970 pelo Grupo Cambuci, de São Paulo. Com filial na Argentina, é a única multinacional de esportes brasileira e tem 2,5 mil funcionários.

Além disso, a empresa é a única fabricante brasileira com certificação internacional emitida pelas quatro instituições máximas das principais modalidades com bola: FIFA (futebol e futsal) , FIVB (vôlei), FIBA (basquete) e IHF (handebol).