ESPORTE

Penalty investe na iFut

05/02/2020 14:36

Com dados da startup, marca quer fortalecer presença no futebol amador.

Marca é a única multinacional de esportes brasileira. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Penalty, fabricante brasileira de artigos esportivos, anunciou que está investindo na iFut, startup brasiliense de gestão de torneios amadores de futebol. No entanto, o valor do aporte não foi divulgado.

Criada em 2015, a plataforma é inspirada nos grandes fantasy games esportivos, oferecendo automação, big data e gestão para organizadores de torneios de futebol, futsal e society.

Por meio do aplicativo, é possível gerir tabelas de classificação e rodadas de forma automática, receber inscrições on-line, imprimir súmulas dos jogos e compartilhar os resultados entre os participantes de cada torneio.

Com o investimento da Penalty, a plataforma deve acelerar sua atuação, que já conta com o cadastro de 5,5 mil organizadores e 74 mil atletas ativos.

No aplicativo, 66% dos praticantes cadastrados têm até 25 anos, 11% dos torneios são mistos ou femininos e a média é de 106 atletas por campeonato.

Para a marca esportiva, o apoio fortalece a presença no território da prática amadora. 

“Por meio da startup, iremos conhecer melhor o público e ter acesso a dados exclusivos. Com isso, a meta é avançar nas conexões com o praticante de futebol e criar uma estratégia de CRM mais robusta para fortalecer as vendas e fidelizar o fã”, explica Paulo Gaspar, gerente executivo de marketing e vendas da Penalty.

A Penalty também deve aproveitar a plataforma para testar produtos, mapear tendências e ativar seus principais assets ao longo do ano. 

Este já é o segundo aporte que a marca faz em plataformas digitais em 2020. 

No início de janeiro, anunciou o investimento no serviço gratuito de streaming MyCujoo, voltando as atenções para produção de conteúdo e interação com os fãs de futebol.

Especializada em produtos para a prática esportiva, a Penalty foi criada em 1970 pelo Grupo Cambuci, de São Paulo. Com filial na Argentina, é a única multinacional de esportes brasileira e tem 2,5 mil funcionários.

Além disso, a empresa é a única fabricante brasileira com certificação internacional emitida pelas quatro instituições máximas das principais modalidades com bola: FIFA (futebol e futsal) , FIVB (vôlei), FIBA (basquete) e IHF (handebol).

Veja também

SHOW DO INTERVALO
AI escolheu os melhores momentos da Copinha

Software analisou quase 30 mil horas de competição e separou as jogadas de destaque.

APOSTAS
Betsson compra 75% da brasileira Suaposta

Previsão é de que a regulamentação do jogo no país saia no mês que vem.

CATARATAS
Plano de levar data centers para Foz ainda existe

Projeto oriundo do governo Dilma Rousseff faz sua primeira aparição na era Bolsonaro.

ESPORTE
Totvs patrocina Corinthians em 2020

Com logomarca nas camisas, empresa implantará novas soluções para gestão do clube.

ASSISTENTE
Alexa agora fala português

Com isso, a empresa passa a oferecer três dispositivos no país: Amazon Echo, Echo Dot e Echo Show 5.

MARKETING
Globo utiliza Salesforce para ofertas on-demand

O Salesforce Marketing Cloud foi implementado para segmentar as sugestões de ofertas.

CAMPUS
Unochapecó: geolocalização dentro do app

Novidade ajuda os novos alunos novos a se encontrarem dentro de um campus grande.

ESPORTE
Seleção Sub-23 e a busca pelo ouro nos Jogos de Tóquio-2020

Com as principais apostas esportivas da atualidade, a seleção brasileira se impôs e conquistou o título.

MUDANÇA
Tiago Maranhão, ex-Globo, vai para a Amazon

O jornalista apresentava o programa Troca de Passes, mas mudará de área.

SEGURANÇA
Futebolcard: gestão de nuvem com Mandic

A plataforma de venda de ingressos chega a vender 30 mil bilhetes online por partida.