Everis em projeto tão mineirinho quanto estes pães de queijo. Foto: Flickr.com/minusbaby

A Ouvidoria Geral de Minas Gerais contratou a Everis, consultoria européia que mantém cinco escritórios no Brasil, para um projeto de reestruturação e gestão de processos.

O trabalho começou em novembro de 2012, com uma primeira etapa que ainda está em andamento, focada no diagnóstico dos processos de negócio.

Depois de validadas as conclusões, são definidos os processos a serem mapeados e redesenhados, gerando fluxos atuais e propostos, relatórios com oportunidades de melhoria, sugestões de padronização e indicadores, entre outros.

Para a próxima fase foi definido um cronograma para a consultoria acompanhar a implantação dos planos de ação na ouvidoria, com meta de criar uma base centralizada de conhecimento da instituição que permita aos próximos gestores terem acesso ao histórico da produção da OGE-MG.

“Eles terão condições de dar sequência ao trabalho, independente das mudanças de liderança decorrentes de cada mandato”, explica Manuel Galilea, sócio responsável por Setor Público na Everis Brasil.

Segundo ele, a Everis também atua com a ouvidoria na definição de uma metodologia de gestão por processos.

“Ela possibilitará a manutenção e uso do material gerado, com a incorporação dele na rotina da organização”, destaca o executivo. “Desta forma, fluxos e padrões serão atualizados quando necessário, indicadores serão acompanhados e as metas, revistas na medida em que forem superadas”, finaliza.

Consultoria de negócios, tecnologia e outsourcing, a Everis está presente em 13 países da Europa e Américas, com 27 escritórios, dos quais os cinco brasileiros se distribuem por São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Ao todo, a Everis emprega mais de dez mil profissionais no mundo.