FOCO NO SMART GRID

Furukawa abre fábrica de OPGW em Curitiba

05/03/2013 15:23

Investimento é parte dos US$ 30 milhões que empresa projeta aportar no país até 2014.

Foad Shaikhzadeh. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Furukawa inaugurou nesta terça-feira, 05, em Curitiba, sua linha de produção brasileira de cabos OPGW, voltados a redes smart grid, como parte de um investimento de US$ 30 milhões anunciado para o período 2013/2014.

A companhia já investiu US$ 40 milhões no país entre 2011 e 2012, em equipamentos para aumentar a capacidade produtiva local de cabos ópticos, com expansão projetada de 80%, o que representa um salto dos atuais 1,3 milhão de km fibra/ano, para 2,1 milhões de km fibra/ano.

“Os novos investimentos serão aplicados no desenvolvimento de acessórios e componentes para as novas redes de banda larga”, acrescenta o presidente da Furukawa Brasil, Foad Shaikhzadeh.

O executivo também comenta que a abertura da nova linha de produção aproveita a desoneração de PIS/Pasep e Confins anunciada na semana passada pelo Ministério das Comunicações e que impacta 13 tipos de redes de banda larga no Brasil.

Isso porque a Furukawa atende a sete modelos de redes: para data center, de acesso metálico, móvel e óptico, Smart Grid, redes de transporte óptico e agora, OPGW, que tem foco no setor de energia, no qual a empresa não atuava desde 2002.

Para Shaikhzadeh, a desoneração proposta pelo ministério incentiva o crescimento previsto para o mercado óptico do país no próximo triênio, de 10% ao ano.

O anúncio também atraiu o presidente do Grupo Furukawa, Mitsuyoshi Shibata, a visitar o país pela primeira vez.

No cargo desde abril de 2012, ele acompanhou de perto a expansão da matriz brasileira, e garantiu: daqui, a companhia irá desenvolver e aplicar tecnologias para toda a América Latina.

“Consideramos a Furukawa Brasil o nosso centro de controle para a região e vamos assegurar todo o suporte necessário para o seu crescimento nesse sentido”, diz o presidente do grupo que, em todo o mundo, congrega 300 empresas.

Nessa linha, segundo ele, aos poucos a matriz brasileira ingressará em todos os demais setores nos quais a marca japonesa é forte: além de telecomunicações e energia, também metais especiais, automotivo e equipamentos industriais.

Neste primeiro momento o fabricante passará a operar com dois blocos distintos: Infraestrutura e Ecologia (com produtos para Telecom, Smart Grid, energia e construção) e Componentes (produtos eletrônicos e automotivos).

Na região, a marca tem outras iniciativas previstas para este ano, como a crianção de um laboratório para redes FTTH e FTTx, e alianças com universidades.

Há 38 anos no Brasil, a Furukawa afirma ser o único fabricante da América Latina a manter um laboratório completo para testes de redes ópticas internas e externas.

As soluções de infraestrutura da companhia estão presentes na maioria dos estádios e arenas que vão abrigar os eventos da Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016.

“Dos nove que já decidiram suas redes, oito optaram pela Furukawa”, observa Shaikhzadeh.

Setores como hotelaria e turismo, data centers e hospitais também incrementam a carteira local da empersa, que emprega 800 colaboradores por aqui, dos quais 650 ficam em Curitiba.

Veja também

ENERGIA
Furukawa interliga data centers de Itaipu

Fabricante interligou estruturas da usina no Brasil e Paraguai usando oito mil metros de cabos ópticos, com até 100 Gb Ethernet.

NOVO MERCADO
Com Furukawa, Parks mira provedores

Com parceira, empresa gaúcha reforça entrada no mercado de fibra óptica, de olho em ISPs.

PRODUÇÃO SEM ERRO
Furukawa: 5X menos atraso com Accera

Com software da Preactor International, fabricante de cabeamento estruturado melhorou fluxos produtivos, atendendo a 98% dos pedidos no prazo de entrega.

Furukawa abre show room em Curitiba

A Furukawa acaba de inaugurar um show room em Curitiba, sua cidade sede no país, onde, no segundo semestre do ano passado, já havia aberto também um Centro de Distribuição, com investimento de R$ 25 milhões, na época.

No novo show room, a companhia expõe uma série de soluções de redes estruturadas em um ambiente voltado ao atendimento de canais de negócios (integradores e distribuidores) e clientes tanto do Brasil, quanto dos demais países onde atua.

Furukawa: fibra óptica crescerá 10%/ano

A demanda por fibra ótica deve ter um crescimento de 10% ao ano no Brasil até 2014 – chegando a 25 milhões de quilômetros de novos cabos em cinco anos – é a previsão da Furukawa.

Os motivos para a alta na demanda são grandes eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas, além dos planos do governo federal para a oferta de banda larga a preços mais acessíveis.

Furukawa inaugura novo CD em Curitiba

A Furukawa acaba de abrir um Centro de Distribuição em Curitiba, sua cidade-sede no país.

A obra, que integra os R$ 25 milhões que a companhia anunciou em maio passado para investimentos no mercado nacional, vai otimizar a logística de entrega de soluções de conectividade e cabeamento estruturado para todo o país, especialmente às regiões Sul e Sudeste.

Furukawa certifica UOLDiveo em TI verde

A UOLDiveo foi certificada pela Furukawa no Programa Green IT.

Focado no descarte é tratamento correto de resíduos, o programa visa a gerar economia nas cadeias de primárias de produção de equipamentos de TI através de medidas como a reciclagem.

Segundo Roberto Kihara, gerente comercial da Furukawa, em seis meses, a UOLDiveo reduziu em 500 toneladas a extração de minério de cobre, além de diminuir em 50.391 kWh o consumo de energia.

Credigy gere infra de rede com Furukawa

A norte-americana Credigy, especializada na aquisição e administração de carteiras de créditos vencidos de clientes de diversos segmentos, garantiu a operação ininterrupta do contact center de sua operação brasileira com tecnologia Furukawa.

Furukawa: R$ 500 mi e produção no Brasil

A Furukawa projeta encerrar seu último ano fiscal, cujo balanço será concluído em março de 2012, com faturamento de R$ 500 milhões no Brasil, crescimento de 15% sobre o ano anterior.

Conforme Helio Durigan, diretor de Marketing e Engenharia da fabricante dos segmentos de cabeamento estruturado e óptico, a meta é investir mais no país, onde a companhia tem sede e centro de desenvolvimento em Curitiba, fomentando o crescimento por meio da fabricação local.

T-Systems: Furukawa em Tamboré

A T-Systems optou pela Furukawa como provedor de infraestrutura de redes para seu novo data center no Brasil.

Localizada em Tamboré, em São Paulo, o local está em fase de expansão em um projeto que só na primeira fase vai consumir investimento em torno de R$ 50 milhões.

O complexo será integrado, até 2013, com outros três centros de processamento de dados da companhia - dois localizados em São Bernardo do Campo e um na capital paulista.

Furukawa cresce 6x em data centers no BR

A fabricante de fibras ópticas e cabeamento estruturado para redes de comunicação Furukawa cresceu em seis vezes sua atuação em data centers no Brasil entre 2008 e 2010.

O segmento de data center representa hoje 30% de participação.

Segundo a empresa, o salto é considerado significativo pelos diretores. Em 2008 a Furukawa tinha 5% desse mercado.

Os dados foram apresentados em reunião da emrpesa realizada desde o domingo com agentes de negócios do Brasil.