TRABALHO

Microsoft ordena home office por coronavírus

05/03/2020 12:11

Medida foi tomada nos escritórios de Seattle e São Francisco, nos Estados Unidos.

Hora de ficar em casa. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Microsoft disse aos seus funcionários em Seattle e São Francisco, nos Estados Unidos, para trabalhar em casa até o dia 25 de março, como uma medida preventiva contra o coronavírus.

A decisão aconteceu depois de que o condado de King, onde a Microsoft está sediada na região metropolitana de Seattle, recomendou aos empregadores da área a permitirem trabalho remoto.

A recomendação é para quem tiver um trabalho que possa ser feito em casa ficar em casa. O comunicado foi feito por e-mail e no blog interno. A Microsoft não está abrindo mais detalhes sobre a decisão.

O condado de King é o pior foco do coronavírus nos Estados Unidos até agora. Das 11 mortes causadas pela doença, nove foram na região.

De maneira geral, o setor de TI vem tomando medidas drásticas nos Estados Unidos em função do coronavírus.

A IBM anunciou o cancelamento da sua conferência global em São Francisco, prevista para acontecer em maio para um público de 30 mil pessoas.

O cancelamento é mais um de uma longa lista que inclui atividades da HP, SAP, Facebook e Google.

A IBM também decidiu que seus funcionários não devem ir a nenhum evento com mais de 1 mil pessoas, e a SalesForce baniu viagens para os seus 50 mil funcionários.

No Brasil, onde até o momento há três casos confirmados da doença, todos eles em São Paulo, nenhuma companhia tomou medidas desse porte.

A XP Investimentos, onde um funcionário foi diagnosticado com o coronavírus, deu uma mostra de prevenção e reação rápida, no entanto.

O colaborador doente chegou da Itália na quinta-feira, 27 de fevereiro, pela parte da manhã e foi direto para o escritório, segundo revelou nesta semana o Brazil Journal.

O funcionário não apresentava sintomas, mas mesmo assim a empresa teria pedido que ele fosse para casa e fizesse o teste, que retornou como positivo no sábado, 29.

Seguindo o protocolo da Secretaria de Saúde, a XP testou 10 outros funcionários que tiveram contato mais próximo com o paciente nas poucas horas em que ele esteve no escritório: dois destes já testaram negativo, e os outros oito aguardam o resultado. 

Nenhum apresenta sintomas, e todos ficarão afastados por 14 dias.

A XP comunicou o fato a todos os funcionários num email interno e disse que o fato “não acarreta nenhum impacto para os clientes e parceiros das empresas da companhia e todas as operações prosseguem normalmente.”

A partir desta segunda-feira, 02, a empresa terá palestras de médicos especialistas para tirar dúvidas e explicar boas práticas. 

A companhia também vai disponibilizar um hotline 24 horas por dia, fast track no atendimento na Rede D’Or (caso necessário), e álcoolgel na mesa de todos os funcionários. 

Ainda assim, funcionários que se sentirem desconfortáveis em estar fisicamente na empresa poderão trabalhar de casa.

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como utilizar lenço descartável para higiene nasal, lavar as mãos com água e sabão, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo e sempre limpar as mãos antes de tocar olhos, nariz e boca.

Veja também

PRODUTIVIDADE
Home Office: solução ou problemão

"Como se constrói uma cultura por email, Whatsapp, Slack e afins?"

SAÚDE
Funcionário da XP tem o coronavírus

Colaborador estava na Itália. Corretora de valores tomou uma série de medidas.

SEM SINAL
Mobile World Congress é cancelado

Medo do coronavírus fechou o maior encontro de telecom do mundo, marcado para o fim do mês.

RH
Schneider Electric: um ano de home office para mães

Ideia é incentivar que funcionárias possam seguir amamentando seus bebês em casa.

 

MESAS
Tok&Stok vira coworking

Lojas da marca em 34 cidades do país agora podem ser usadas para trabalhar.

TRABALHO
Horário flexível em alta nas empresas

Pesquisa da Aon aponta que número de empresas com benefício triplicou em dois anos.

COMPORTAMENTO
Manual de convivência com quem faz home office

"Evite deduzir que a pessoa pode estar sempre disponível".

TRABALHO
Wappa libera dia de home office

Os 104 funcionários podem optar por trabalhar em casa uma vez por semana.

RH
Unilever: cargo dividido e semana de 3 dias

Carolina Mazziero e Liana Feracotta são diretoras de RH da empresa.

MEDO
SXSW, a próxima vítima do Coronavírus?

Twitter e Facebook cancelaram sua participação no badalado evento em Austin.

PESQUISA
Home office ainda não pegou

Para 83% dos pesquisados, o lugar no qual mais se trabalha é o escritório.

RH
DB1: ação foca home office

A empresa criou um “kit home office”.

QUALIDADE
A UBERização do mercado SAP

Com cada vez mais consultores SAP, assim como aconteceu com motoristas da Uber, cada vez mais projetos foram mal feitos.

INDÚSTRIA
Coronavírus impacta produção de eletrônicos em Manaus

Com falta de insumos vindos da Ásia, empresas têm estoques apenas para 15 dias.

MOBILE
Coronavírus interrompe produção de celulares

Falta de componentes chineses atingiu fábrica da Motorola e da Samsung no Brasil.