Miguel Andorffy, fundador e CEO do Me Salva!. Foto: Divulgação.

O e.Bricks Ventures, um dos principais fundos de venture capital do Brasil, acaba de anunciar seu segundo investimento na plataforma educacional Me Salva!, que é apoiada pelo fundo desde 2015.

A startup de vídeo-aulas online auxilia estudantes de todo o país em diferentes momentos da vida escolar, como ensino médio, vestibulares, ENEM, entre outras.

Nos últimos quatro anos, o Me Salva! teve mais de 28 milhões de acessos e 142 milhões de aulas assistidas. 

“Queremos ser o principal parceiro de estudo para cada estudante do Brasil. Sabemos que a educação é uma ferramenta de transformação de realidade e assim aproximação de sonhos. Dar base para que cada estudante fortaleça seu aprendizado é a nossa forma de revolucionar a educação e influenciar o Brasil de forma positiva”, comenta Miguel Andorffy, fundador e CEO do Me Salva!.

Ao lado da e.Bricks Ventures nesta rodada de investimentos está a Kairos Society, um fundo de venture capital que investe em jovens empreendedores de todo o mundo em segmentos de alto impacto como a educação 

Recentemente, a e.Bricks Ventures anunciou a aquisição da startup mineira AppProva pela Somos Educação, maior companhia de educação básica no país.

“O segmento de educação é um dos mais atrativos para se destinar recursos e o Me Salva! conta com empreendedores que inovam para facilitar o acesso à educação no Brasil”, diz Pedro Sirotsky Melzer, Managing Director da e.Bricks Ventures.

O e.Bricks Ventures, fundo controlado pelas famílias Sirotsky, da RBS, e Szajman, do Grupo VR, anunciou no ano passado um novo fundo com recursos totais de R$ 300 milhões.

O primeiro fundo da e.Bricks Ventures, de R$ 100 milhões, foi lançado no fim de 2013 e fez investimentos em 16 empresas.