A UFSCar oferece uma disciplina com foco em internet das coisas. Foto: Divulgação.

O Departamento de Computação (DComp) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em parceria com a Ericsson, oferece neste semestre uma disciplina com foco em internet das coisas (IoT) na grade curricular do Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação.

A disciplina de IoT será dividida em aulas teóricas e práticas, que pela primeira vez é inserida na grade curricular da instituição.

O projeto é parte das ações do Laboratório da Sociedade Conectada, inaugurado há um ano em Indaiatuba e que tem por objetivo promover testes de novas tecnologias de internet das coisas voltadas para água inteligente, agricultura, proteção de floresta, prevenção contra desastres, entre outros. 

As aulas, ministradas no Campus Sorocaba da Universidade, contam com suporte teórico e prático da Ericsson: parte do conteúdo que será usado foi sugerido pela equipe do Centro de Inovação da empresa, com materiais compartilhados da Ericsson; e uma aula prática acontecerá no Centro de Inovação, em Indaiatuba.

“A Ericsson sempre estimulou e manteve parcerias com universidades, inclusive por meio de Inovação Aberta, que já rendeu muitos projetos inovadores ao país. Nosso entendimento é de que a partir da capacitação de novos profissionais com foco em IoT no Brasil, teremos ainda mais acesso a experimentos tecnológicos”, afirma Edvaldo Santos, diretor de Inovação da Ericsson na América Latina.

A Ericsson lidera também outras três iniciativas voltadas para IoT e 5G: dez projetos de pesquisa em 5G com universidades; colaboração para acesso à internet e mobilidade para áreas remotas em 5G e desenvolvimento de modelos de referência e protótipo para 5G.