Daniel Misturini, diretor de TI da Santa Clara. Foto: Baguete.

A Santa Clara, cooperativa de laticínios sediada em Carlos Barbosa, na Serra Gaúcha, investiu R$ 1,5 milhão em um novo data center equipado com tecnologia da IBM.

O projeto será inaugurado em julho foi executado com apoio da Power Solution, canal da Big Blue sediado em Florianópolis e com filial em Caxias do Sul. Serão seis racks de servidores, dos quais dois já estão ocupados.

“Será um data center com todas as características de um Tier 3, com e exceção da rede elétrica redundante”, revela Daniel Misturini, gerente de TI da Santa Clara, explicando que essa última característica é impossível devido ao fato de Carlos Barbosa ser servida apenas pela RGE.

O profissional esteve em Bento Gonçalves neste final de semana participando do II Seminário do GTISul, grupo que reúne gestores de TI de empresas do interior gaúcho e catarinense.

O novo data center, sediado na planta industrial da Santa Clara, terá como backup o antigo centro na sede da empresa.

A renovação visa preparar a Santa Clara para rodar algumas novas aplicações em implantação na empresa como a suíte de escritório na nuvem Office 365, no lugar do Exchange, e, principalmente, o ERP Dynamics AX da Microsoft.

O projeto AX deve ter seu go live em janeiro de 2016, depois de três anos, em parte devido à diversidade do negócio da Santa Clara e em parte devido a questões fora do controle da companhia.

Assim como a Lojas Colombo, sua vizinha de Farroupilha, a Santa Clara começou a implantação do AX com consultoria da paulista MSBS, que no meio do processo saiu do mercado. A implantação foi então assumida pela GSW, também de São Paulo.

O AX rodará o backoffice, financeiro, fiscal de todas as empresas da Santa Clara, que, além dos conhecidos queijos e leites, responsáveis por 60% do faturamento de R$ 900 milhões em 2014, inclui também uma operação de cozinha industrial, frigorífico, fábrica de rações, supermercados, lojas agropecuárias e centrais de distribuição.

Misturini é um profissional da casa com quase 20 anos de Santa Clara assumiu a gerência em 2010 está à frente de uma equipe de 11 pessoas.

Maurício Renner acompanhou o II Seminário do GTISul em Bento Gonçalves a convite do GTISul.