A partir da localização, as partes podem entrar em contato e iniciar a negociação. Foto: Pexels.

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Microsoft e a Radix, empresa de engenharia e TI, estão desenvolvendo o EPIMatch, uma plataforma que reúne os que precisam comprar àqueles que vendem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Rodando na nuvem Microsoft Azure, a plataforma on-line permite que instituições cadastrem suas necessidades e encontrem fornecedores que possam atender à demanda.

Para acessar a ferramenta, será preciso fazer um cadastro gratuito como demandante ou ofertante de EPIs no site EPIMatch, que poderá ser realizado por pessoas físicas ou jurídicas.

Quando o interessado obtiver o acesso ao serviço, poderá pesquisar onde há oferta ou demanda de equipamentos e quais tipos de EPIs estão cadastrados para compra ou venda.

A disponibilidade pode ser identificada por região do país e, a partir da localização, as partes entram em contato e iniciam a negociação.

Por enquanto, o cadastro no site ainda não está liberado, sendo necessário obter um convite para ter acesso. As instituições não informaram qual e a previsão para o início do funcionamento da plataforma.

Segundo a ABDI, a ferramenta surge em um momento de crescente demanda por EPIs em função da pandemia do coronavírus e, neste momento, a agilidade é fundamental.

“A solução reduz a distância e o tempo entre a compra e a venda de itens essenciais ao combate à covid-19 como máscaras, aventais, luvas e óculos e proteção, entre outros itens", conta Igor Calvet, presidente da ABDI.

Outras 22 instituições apoiam o projeto, como é o caso da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho (ANIMASEG), SEBRAE e SENAI.