Mariano de Beer. Foto: divulgação.

A Microsoft iniciou nesta quinta-feira as operações da região Brasil do Azure, plataforma de serviços na nuvem da companhia, com uma infraestrutura de dados no país.

Segundo destaca a companhia, a inauguração faz o país a 11ª região do mundo a contar com o serviço, e plano é ganhar mais participação de mercado no segmento corporativo.

Com a estrutura local, já anunciada no final de 2013 pela empresa, os clientes devem ter redução de latência, ganhando em tempo de resposta das aplicações e na distância percorrida pelos dados.

Os clientes também poderão optar pela redundância local, o que significa que seus dados serão replicados três vezes dentro do datacenter, ajudando no quesito de recuperação contra desastres.

A estrutura também servirá para abrigar o Office 365, sua suíte de escritório baseada na nuvem. Não foi revelado quem é o provedor da infraestrutura que abrigará a plataforma Azure.

Quem deve ter gostado da novidade foi a presidente Dilma Rousseff, que desde o escândalo envolvendo espionagem de dados envolvendo o governo norte-americano e a NSA, vem defendendo a hospedagem de serviços em nuvens hospedadas dentro do país.

Recentemente, na votação do Marco Civil da Internet, a obrigatoriedade de data centers locais para empresas estrangeiras foi deixada de lado, mas mesmo assim a Microsoft cumpriu com seu plano.

Mesmo sem a exigência do governo, segundo dados do IDC, o mercado de nuvem no Brasil tem potencial. A expectativa é que ele deve crescer 50% no país em 2014, somando US$ 429 milhões.

“A Microsoft está se reinventando em todas as áreas em que atua e o início das operações da nova região Azure no Brasil representa um momento fundamental, ampliando os benefícios que oferecemos para nossos atuais clientes e nos ajudando a atrair novas companhias", afirma Mariano de Beer, presidente da Microsoft Brasil.

Atualmente, a empresa já conta com clientes como Boa Vista SCPC, empresa de informações de crédito, usando a plataforma Azure. A empresa escolheu a estrutura local para hospedar sua aplicação SAFe, uma solução avançada de prevenção à fraude no comércio eletrônico.