A Cipatex adotou a solução fiscal e tributária Mastersaf. Foto: Divulgação.

A Cipatex, fabricante de revestimentos sintéticos, adotou a solução fiscal e tributária Mastersaf. O projeto, realizado pela VMAX Systems, envolve todos os módulos, incluindo a implementação do DW, DF-e, Bloco K, além da nova obrigação do Sped Fiscal, o ECF.  

O sistema atende as cinco plantas industriais da Cipatex, que atingem um volume de aproximadamente 9 mil notas fiscais emitidas por mês. 

A empresa recebe mensalmente cerca de 7,5 mil documentos, incluindo NFe (Notas Fiscais Eletrônicas) e CTe (Conhecimentos de Transporte Eletrônicos). 

“No ambiente complexo da legislação tributária brasileira, a adoção da solução proporcionará maior segurança e garantia da conformidade das informações no cumprimento das obrigações fiscais”, comenta o supervisor contábil e tributário da Cipatex, Claudinei Soares.

Segundo Soares, o investimento nesta tecnologia é um passo importante no atendimento de requisitos fiscais, no chamado ambiente SPED (Sistema Público de Escrituração Digital), que tem capacidade e inteligência para auditar informações eletrônicas cruzando dados com velocidade. 

O sistema começou a ser implantado no início do ano e a primeira obrigação fiscal, a ECD (Escrituração Contábil Digital), por meio do Mastersaf, será entregue em junho, seguida pelo ECF (Escrituração Contábil Fiscal), em setembro. 

A Cipatex continuará trabalhando com o novo produto no segundo semestre e entregará em janeiro de 2016 o Bloco K, que trata do Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque. 

Há 51 anos o Grupo Cipatex oferece ao mercado soluções em revestimentos sintéticos e não-tecidos. Ao todo, a empresa conta com cerca de 1,4 mil colaboradores distribuídos em cinco plantas industriais.

A VMAX, de Barueri, trabalha com marcas como Oracle, Sage e RFSmart, atendendo a clientes como Cisne, Net e Toshiba.