Leonardo Câmara.

Leonardo Câmara não é mais diretor de data center no Brasil da Lenovo.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

Câmara havia sido promovido para o cargo em setembro do ano passado, vindo da posição de gerente sênior de vendas para canais.

O profissional tem mais de 30 anos de carreira e passou pelas empresas Itautec e HP, onde atuou entre 1999 e 2016.

A saída de Câmara se dá em um momento em que a Lenovo está reforçando seu canal de data center no país, para o qual recentemente criou uma divisão separada da área de PCs e dispositivos inteligentes.

De acordo com números do IDC, a companhia dobrou sua participação servidores baseados em processadores x86 no país, passando de 6% para 12%, entre o primeiro trimestre de 2018 e o mesmo período do ano passado.

Já no final do primeiro semestre de 2017, a companhia divulgou o objetivo de reforçar a sua presença de canal no Brasil, com destaque especial para os parceiros focados na venda de servidores e equipamento para data centers.

Na época, a multinacional chinesa contava com cerca de 200 parceiros no país, com cerca de 35% deles focados em data center. 

Até o final do ano, a meta era chegar a 300, com uma divisão meio a meio entre canais focados em data centers e PCs.