Peça seu CPF na nota. Foto: flickr.com/photos/loopcd/

O governo do Rio Grande do Sul anunciou neste sábado, 02, que contribuintes cadastrados no programa Nota Fiscal Gaúcha terão um desconto maior no pagamento antecipado do IPVA, totalizando 5%.

Somada a outros incentivos, como não ter sido multado, o desconto total pode chegar a 26%.

A concessão é uma medida para incrementar a participação no programa da Secretaria da Fazenda. Criado em julho do ano passado, até agora ele só oferecia sorteios em dinheiro e doações a entidades assistenciais.

Poucas pessoas se cadastraram. Os R$ 100 mil em prêmios referentes a abril não foram resgatados e voltassem aos cofres do estado, revela a Zero Hora.

“A ideia é que o programa fique mais atrativo, funcione como um cartão fidelidade. Ainda queremos implementar a troca de pontos por benefícios em entidades comerciais parceiras, como ingressos para jogos de futebol e produtos em algumas lojas”, revelou ao jornal o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira.

As novas medidas devem ser fundamentais para o futuro do programa, uma vez que ao conceder um desconto automático desvinculado do uso, o incentivo do IPVA funciona para obter cadastros, mas não necessariamente para criar usuários que informem seu CPF nas compras.

Até maio, apenas 145 mil pessoas já haviam se cadastrado para incluir o CPF nas suas notas fiscais. Deste total, 83 mil pessoas geraram pontos que resultaram em bilhetes eletrônicos.

EXEMPLO PAULISTA
O governo gaúcho faria melhor em copiar o sistema em funcionamento em São Paulo.

A Nota Fiscal Paulista também distribui prêmios – já foram sorteados  1,5 milhão de notas desde 2007 – mas também créditos que podem ser usados no pagamento do IPVA, resgatados em dinheiro ou doados a uma instituição assistencial.

Os créditos são proporcionais ao valor total das notas, estimulando o uso diário e não apenas o cadastro pontual.

Em julho do ano passado, o programa já contava com mais de 13 milhões de participantes cadastrados em São Paulo, que já receberam créditos de R$ 5,1 bilhões em créditos e prêmios de R$ 678,8 milhões em 43 sorteios já realizados.