Foto: Tourisme Montréal/divulgação.

A Montréal International, agência de promoção econômica da cidade canadense, vai realizar uma seleção de profissionais, entre outubro e novembro, com o objetivo de preencher mais de 200 vagas de trabalho em 20 grandes corporações locais.

No radar, estão profissionais brasileiros atuantes nas áreas de TI, inteligência artificial, games e fintechs, que podem se inscrever até o dia 1º de novembro no site do projeto. Os currículos devem ser enviados em inglês ou francês. 

Depois de selecionados, os candidatos receberão convocações para entrevistas on-line com os recrutadores das companhias, que acontecerão entre os dias 19 de outubro e 6 de novembro. 

Apesar das inscrições estarem abertas até novembro, é recomendável que elas sejam feitas antes da primeira data de entrevista. 

Em caso de contratação, as empresas vão oferecer aos aprovados todo o suporte necessário no processo imigratório e de obtenção do visto.

Segundo a agência, as companhias locais estão à procura de talentos para funções como arquiteto de software, desenvolvedor de plataformas de BI e aplicativos, analista e engenheiro de dados, analista de finanças, gerente de projetos, entre outros.

Montreal é a maior cidade da província de Quebec, no Canadá, e detém uma das cinco maiores concentrações de empregos na área de tecnologia na América do Norte, com mais de 179 mil profissionais e 5,2 mil empresas. 

Segundo a Commercial Real Estate Services Canada (CBRE), a remuneração média anual no setor gira em torno de US$ 74 mil (cerca de R$ 403 mil). 

Já o mercado de games concentra 140 estúdios e emprega em torno de 15 mil profissionais, responsáveis pela criação de jogos como Assassin´s Creed Origins, Batman Origins e Rise of the Tomb Raider. 

Nesta área, os salários anuais podem variar de US$ 62 mil (R$ 336 mil) a US$ 84 mil (R$ 456 mil).

Em 2019, a Montréal International atraiu mais de US$ 1,97 bilhão em investimentos estrangeiros para dinamizar esses setores. 

“E os brasileiros são especialmente bem-vindos pela formação qualificada e a facilidade de adaptação aos idiomas, à cultura e estilo de vida da Grande Montreal”, afirma David Lebel, diretor da área de atração de talentos internacionais da agência.

Na cidade, mais da metade da população fala francês ou inglês, enquanto 20% são fluentes em três ou mais idiomas.