Steve Ballmer à sombra do Windows Phone. Foto: flickr.com/photos/wiredphotostream

Logo após lançar o seu novo sistema operacional para dispositivos móveis, o Windows Phone 8, a Microsoft disponibilizou o seu kit de desenvolvimento (SDK), que permitirá que os programadores desenvolvam aplicativos para a nova plataforma.

O anúncio foi feito pelo CEO da empresa, Steve Ballmer, afirmando que agora os celulares são membros de "primeira classe da família Windows". Empresas como Nokia, Samsung e HTC já anunciaram aparelhos para o novo sistema.

O Windows Phone SDK 8.0 fornece um IDE autônomo (ambiente de desenvolvimento integrado), usando o Visual Studio Express edição 2012, para os desenvolvedores construírem aplicativos para o WP8.

Ele também fornece um add-in às edições Professional, Premium ou Ultimate do Visual Studio 2012. Além disso, o kit inclui emuladores para testar programas com um smartphone específico.

A Microsoft recebeu muitas críticas por não liberar o SDK mais cedo, para que os desenvolvedores pudessem ter construído mais apps antes do lançamento oficial do Windows Phone 8.

O novo sistema operacional oferece muitas visuais diferenciadas, como blocos dinâmicos, compartilhamento seletivo e comunicações de campo próximo de pagamento.

Segundo o site Computerworld, estas características são um fator com os quais os desenvolvedores precisam se familiarizar a fim de tornar seus aplicativos mais atraentes.

A empresou liberou uma versão preview do SDK para usuário selecionados em setembro.

A Nokia também lançou dois programas para ajudar os desenvolvedores a se acostumarem a nova plataforma rapidamente, o Nokia Ad Exchange, voltado à publicidade, e o Nokia Developer Program Premium, com opções de controles e suporte.

VENDAS

De acordo com Ballmer, até agora o Windows Phone não vendeu bem, mas a expectativa é que o cenário mude com as versões recentes do Windows 8 e Windows Phone 8.

"Eu acho que a maioria das pessoas na sala sabe que o Windows Phone tem baixo volume, mas nós temos a abordagem mais diferenciada para o mercado. Temos hardware absolutamente matador e haverá centenas de milhões de usuários do Windows desejando um Windows Phone" afirma.